a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

LEC- Valongo entra a ...

Sexta-feira , Jan 27 2023
17

LEC- Resumo UD ...

Sexta-feira , Jan 27 2023
32

LEC- Oliveirense entra ...

Sexta-feira , Jan 27 2023
13

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
62963

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
31826

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
25812

Fique a conhecer o ...

Segunda-feira , Jul 10 2017
3503

Liga Europeia- Jogo de ...

Sexta-feira , Mar 06 2015
2143

Hoquistas dos Dragões ...

Quarta-feira , Fev 21 2018
1351

5 Massagista Essencial 30 1

324245688 1119762218700300 3842407193670375412 n

A AD Valongo foi ao PalaCastellotti em Lodi vencer a equipa local por 0-3 num jogo onde a assertividade do conjunto luso foi determinante para o triunfo em terras transalpinas.
Ao intervalo a equipa de Edo Boch vencia por 0-2 com os golos a serem apontados por Nuno Santos e Facundo Navarro.
Logo ao terceiro minuto da etapa complementar o Valongo aumentou para 0-3 com um golo de Diogo Abreu e até final foi a equipa lua que esteve mais perto de aumentar a antagem, numa partida onde a equipa valonguense soube gerir de forma inteligente as incidências do jogo.
A 9 de Fevereiro a AD Valongo joga a segunda jornada da Liga Europeia e será anfitrião do todo poderoso FC Barcelona.

Foto- Amatori Lodi

3 12 Unhas Gel Profissional 9 1

327670450 586928439439648 981754470944052415 n

O “Dr. Salvador Machado” recebeu esta quinta feira a partida que opôs a Oliveirense ao Liceo da Corunha, jogo referente à 1.ª jornada da Liga Europeia de Clubes com a equipa lusa a vencer sem apelo nem agravo por 5-1,onde o destaque vai para o hat trick do Argentino Lucas Martinez.
Deixamos aqui o resumo dos melhores momentos deste encontro com imagens do Correio de Azeméis + Azeméis FM / TV e edição do Som D´hóquei.

Resumo do Jogo

Foto- UD Oliveirense

2 Esteticista 9 1

327319487 962356494732860 6225680221820662903 n

A UD Oliveirense começou da melhor maneira a sua participação nesta edição da Liga Europeia de Clubes ao vencer o Deportivo Liceu por 5-1, em jogo que se disputou no “Dr. Salvador Machado” em Oliveira de Azeméis.
O triunfo começou a desenhar-se cedo com Tomás Pereira a fazer o 1-0 logo aos três minutos na marcação de uma GP. O Liceo empataria aos 6 minutos, também de GP, golo apontado por César Carballera.
Mas até ao intervalo a equipa da Oliveirense chegaria ao 4-1 graças a um “hat trick” de Lucas Martinez.
Uma segunda parte onde se manteve a supremacia da equipa lusa que faria o 5-1 aos 12 minutos por Xavier Cardoso, e desperdiçou neste período quatro bolas paradas (3 GP e um LD).
Um triunfo justo da Oliveirense e que peca por escasso num jogo onde a formação de Paulo Pereira foi quase sempre superior ao conjunto galego.
Na próxima ronda que se joga a 9 de Fevereiro a Oliveirense desloca-se à Catalunha onde enfrentará o Calafell que perdeu na Luz por 5-3.

Foto- UD Oliveirense

2 7 Cabeleireiro Essencial 9 1

img 920x5182023 01 26 20 47 49 2090062

O Sporting CP Recebeu no “João Rocha” o OC Barcelos em jogo que contou para a 1.ª jornada da Liga Europeia de Clubes com os Leões a levarem de vencida a equipa minhota por 3-1.
Deixamos aqui os melhores momentos do jogo com imagens do sporting TV e edição do Som D´hóquei.

Resumo do Jogo

Foto- Jornal “Record”

1 Manicure Pedicure 50H 9 1

jl4 7493

Alejandro Domínguez mostrou-se naturalmente satisfeito com o triunfo sobre o OC Barcelos no arranque da fase de grupos da WSE Champions League, elogiando novamente a postura dos Leões.

Era fundamental entrar bem na prova e conseguimos. Quisemos imprimir um ritmo muito forte desde o início do jogo, sobretudo na transição, no jogo ofensivo, para ver se eramos capazes de nos adiantarmos no marcador porque na partida do Campeonato Nacional eles conseguiram uma vantagem a que nos custou muito dar a volta. Saiu-nos bem o plano, conseguimos marcar primeiro e assim conseguimos jogar o hóquei que mais gostamos e que queremos jogar. Fizemos um jogo de grande maturidade”, começou por dizer o técnico Leonino.

No Dragão Arena jogámos com disciplina e controlo mental e hoje voltámos a fazer isso. Esta equipa é muito rica em iniciativas individuais e depois, ao sermos disciplinados, ganhamos equilíbrio. Acho que equilíbrio é, de resto, a palavra que resume bem o jogo de hoje”, acrescentou Alejandro Domínguez, deixando ainda uma palavra aos Sportinguistas: “Trabalhamos sempre para os adeptos e os do Sporting CP vivem isto com muita paixão. Hoje estiveram presentes, ajudaram-nos e espero que no domingo, frente ao SL Benfica, possamos contar com os de hoje e com muitos mais”.

Gonzalo Romero, que apontou dois golos esta noite, também falou após o encontro, referindo a boa entrada do Sporting CP no jogo: “Foi muito importante entrar no jogo a vencer, conseguirmos uma vantagem de dois golos logo numa fase inicial para depois jogarmos de forma tranquila. Na segunda parte, voltámos a marcar que era aquilo que queríamos e vencemos”.

“Não há equipas fáceis, todos os rivais nesta prova são difíceis, de top mundial, e nós temos de jogar sempre da mesma maneira”, disse ainda o jogador argentino, falando também dos adeptos: “Precisamos de mais, não estamos habituados a que não sejam tantos. É difícil quando não estão aqui e, por vezes, durante o jogo precisamos muito deles. Espero que no domingo venham mais e que nos apoiem”.

Fonte/Foto- Sporting CP

1 Manicure Pedicure 50H 9 1

img 920x5182023 01 26 20 47 49 2090062

A equipa principal de hóquei em patins do Sporting Clube de Portugal entrou com o patim direito na WSE Champions League, ao vencer na receção ao OC Barcelos por 3-1 no primeiro jogo do grupo D da prova.

No Pavilhão João Rocha, onde o OC Barcelos já tinha tentado surpreender os Leões esta temporada (3-2), foi a equipa visitante a ameaçar primeiro o golo, mas Ângelo Girão negou por duas vezes as ameaças e na resposta foi o Sporting CP que abriu o marcador.

Após receber de Alessandro Verona, Gonzalo Romero foi da direita para esquerda e à entrada da área rematou cruzado para o 1-0. Sporting CP na frente logo aos três minutos de jogo e a aumentar a vantagem no minuto seguinte: livre directo a favor da turma de Alvalade e Gonzalo Romero no frente-a-frente com Conti a não falhar.

Dois minutos depois, o argentino, melhor marcador do Sporting CP esta época, ameaçou o hat trick, mas desta feita o guardião visitante levou a melhor e negou o 3-0 aos Leões.

Ainda assim, a vantagem era confortável e permitiu à formação verde e branca controlar o encontro de forma mais tranquila, perante um OC Barcelos mais defensivo, mas que chegou ao golo no último minuto da primeira metade.

Gonzalo Romero viu cartão azul, a formação visitante dispôs de um livre directo e Darío Giménez, no frente-a-frente com Ângelo Girão, conseguiu marcar e levar para o intervalo as duas equipas separadas por apenas um golo.

Na segunda metade, Alessandro Verona tentou repor de imediato a vantagem que o Sporting CP já tinha tido, mas levou a bola a passar ao lado da baliza defendida por Conti e na resposta o OC Barcelos levou uma bola ao ferro.

Seguiram-se oportunidades para ambos os lados com Henrique Magalhães, aos 32 minutos, a obrigar Conti a mais uma defesa e Gonzalo Romero, pouco depois, a falhar o 3-1 numa grande penalidade, ao atirar ao lado.

Apesar disso, o Sporting CP surgia sempre mais perigoso e chegou mesmo ao terceiro golo aos 40 minutos. Combinação entre João Souto e Gonzalo Romero com o internacional português a finalizar na cara do guardião do OC Barcelos.

Os Leões, com nova vantagem de dois golos, foram à procura de aumentar a distância, mas até ao final do encontro já não conseguiram marcar mais.

O certo é que os comandos de Alejandro Domínguez venceram de forma confortável e justa o OC Barcelos, no primeiro de dois jogos que têm esta semana. A formação verde e branca volta a jogar no domingo diante do SL Benfica em jogo a contar para o Campeonato Nacional, marcado para as 15h00 no Pavilhão João Rocha.

Fonte- Sporting CP * Foto- Jornal “Record”

1 9 Cabeleireiro Unissexo 16 1

pablo alvarez thumbnail

O SL Benfica iniciou a sua participação na Liga Europeia de Clubes com um triunfo sobre os catalães do Calafell por 5-3.
Deixamos aqui os momentos mais importantes do jogo, com imagens da BTV e edição do Som D´hóquei.

Resumo do Jogo

Foto- SL Benfica

1 8 Esteticista Essencial 16 1

nuno resende 1thumbnail

O treinador encarnado no final do jogo abordou as incidências do jogo mostrando alguma frustração pelo resultado não ter sido mais dilatado, num jogo onde sabia que os espanhóis tinham trunfos que deveriam ter sido anulados.

"Podíamos e devíamos ter tido uma vitória de outro género. Alertei que a equipa adversária era perigosa a nível físico, defensiva e forte no jogo direto. Fizemos um trabalho extraordinário na primeira linha. A nossa primeira parte foi muito positiva, pena a bola parada e o penálti falhado. 4-1 é muito curto para o que produzimos. No segundo tempo fizeram o golo quando tivemos oportunidade para conseguir desfeitear o guarda-redes adversário. O 4-3 é mais um golo surreal e, depois, estivemos numa situação em que tudo pode deitar por terra os três pontos. Soubemos sofrer e estar coesos. Isto é a Liga dos Campeões. Os jogadores estão de parabéns."

Fonte/Foto- SL Benfica

7 Quiromassagem 30 1

roberto di benedetto qqthumbnail

No jogo da 1.ª jornada do grupo A da Liga dos Campeões, as águias foram mais fortes na primeira parte e o CP Calafell na segunda. No final, os encarnados venceram por 5-3.

O Benfica recebeu o CP Calafell no Pavilhão Fidelidade, em jogo da 1.ª jornada do grupo A da Liga dos Campeões de hóquei em patins. Depois de uma primeira parte totalmente encarnada e de um reatar com incerteza no marcador até ao minuto final, as águias venceram por 5-3!
Arranque da fase de grupos em casa, com o apoio dos inigualáveis Benfiquistas presentes nas bancadas, a presenciarem, nesta quinta-feira, 26 de janeiro, a entrada dominante do Benfica nesta etapa da competição europeia.

E não podia ter melhor começo! Minuto 1, e as águias, através de uma falta de Martí Casas sobre Edu Lamas, beneficiaram da marcação de um penálti. Na conversão, Diogo Rafael viu Gerard Camps negar-lhe o golo. Resposta imediata do Calafell, por Martí Casas, a obrigar Pedro Henriques a mostrar os seus atributos entre os postes encarnados.

Não foi no 1'... foi aos 7'! Pablo Álvarez, na execução de um lance de bola parada, após falta sofrida, foi irrepreensível e inaugurou o score no Pavilhão Fidelidade. Sofrido o golo, Ferran López, técnico da formação espanhola, mandou parar o encontro.

Reatar e golaço do Benfica. Fruto de uma jogada estudada, Lucas Ordoñez ampliou o resultado para 2-0. E como não há duas sem três, no mesmo minuto (9') fabricou-se o 3-0. Gonçalo Pinto entrou, viu e marcou!

Mais à vontade e seguros, os encarnados limitavam as oportunidades adversárias e jogavam com mais ritmo e intensidade; o Calafell via-se forçado a arriscar, com stickadas de longa distância.

Aos 16' Roberto Di Benedetto protagonizou uma grande jogada. O universal francês ganhou a bola, levantou-a e rematou, mas o tiro bateu na barra. No minuto seguinte, o Calafell reduziu (3-1) por Humberto Mendes.

O Benfica replicou, por Edu Lamas, mas o golo foi anulado por toque do patim na bola. Volvidos três minutos (20'), novo livre executado por Pablo Álvarez, a bisar na partida. Até ao intervalo o 4-1 não se alterou.

Os comandados por Nuno Resende regressaram do descanso com a mesma intensidade e com vontade de mais. Várias investidas, nomeadamente por Roberto Di Benedetto, a valer a Gerard Camps algumas defesas difíceis.

Aos 34', Jordi Ferrer fez o 4-2 e colocou o resultado em aberto. Jogo emocionante, rápido, com os protagonistas em quadra a entregarem-se e a darem espetáculo.

O Benfica precisava do golo da tranquilidade, mas o registo mais ofensivo dos espanhóis nesta segunda parte dificultava todas e quaisquer tentativas. Aos 45', Gonçalo Pinto fez falta sobre Martí Casas, que beneficiou de um livre direto. No frente a frente com Pedro Henriques, o guardião das águias levou a melhor.

Em desvantagem numérica, devido à exclusão de Gonçalo Pinto, Nuno Resende pediu desconto de tempo. O Calafell tirou proveito da situação e, através de Joan Escala (47'), aproximou as contas em 4-3.

Com três minutos para jogar e muita incerteza no marcador, a equipa das águias mirou a baliza espanhola e partiu para o ataque. A 32 segundos do final, Roberto Di Benedetto desfez as dúvidas quando ao vencedor da partida. Triunfo justo do Benfica na 1.ª jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões, por 5-3!

Virando o foco para o Campeonato Nacional, os encarnados enfrentam o Sporting no domingo, 29 de janeiro, às 15h00, no Pavilhão João Rocha, em partida da 15.ª jornada da 1.ª fase.

Fonte/Foto- SL Benfica

7 Pedicure Medical 7 1

327735400 619692793298469 4219552857988161262 n

O FC Porto entrou a meio gás nesta edição renovada da Liga Europeia de Clubes ao empatar a 3 bolas frente aos italianos do Trissino, os atuais detentores do troféu.

AO intervalo a equipa portista ia perdendo por 1-2, conseguiu a reviravolta mas permitiu o empate aos italianos.

Ficam aqui os momentos mais importantes do jogo, com imagens da Porto Canal e edição do Som D´hóquei.

Resumo do Jogo

Foto- FC Porto

6 Massagista Inicial 9 1

img 1200x9002022 06 22 23 09 13 2009632

O treinador portista no final do jogo mostrava alguma mágoa pela forma como a sua equipa encarou as incidências do jogo, realçando todavia a vontade de mudar, para melhor, nos próximos jogos.

Tínhamos equipa suficiente para ganhar o jogo. As baixas não servem de desculpa, são uma lástima porque tínhamos analisado bem o adversário e eles concretizaram alguns lances que havíamos previsto. A equipa lutou, teve possibilidades de vencer, mas faltou eficácia. Desenhámos bem muitos lances, só que faltou defini-los na frente do guarda-redes. Não é o resultado que queríamos, mas era importante não perder. Vamos recuperar, voltar a pensar no Campeonato e de certeza absoluta que lutaremos para estar na Final 8 da Champions”, declarou Ricardo Ares no rescaldo da contenda.

Fonte/Foto- FC Porto

6 10 Cabeleireiro Homem 16 1