a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Campeão FC Porto ...

Sábado , Mai 25 2019
1509

Oliveirense confirma ...

Sábado , Mai 25 2019
78

Sporting CP encerra ...

Sábado , Mai 25 2019
81

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
56726

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
24670

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
19708

2.ª D- Sul – Leões da ...

Segunda-feira , Fev 06 2017
1311

Liga Italiana – Amatori ...

Quinta-feira , Mai 11 2017
628

Telmo Ramos reforça GDC ...

Quarta-feira , Jun 27 2018
411

interioresauto maquilhagem

entrega dabraçadeira

O médio está de saída para o Barcelona e no último jogo ao serviço do FC Porto passou o testemunho ao argentino que conta dez anos de dragão ao peito
No último jogo da época para o FC Porto, que se sagrou campeão nacional uma jornada antes do fim do campeonato, Hélder Nunes despediu-se dos adeptos, tal como os guarda-redes Nélson Filipe e Carles Grau e o médio Telmo Pinto.
No encontro a 26.ª jornada do campeonato, o FC Porto venceu, em casa, o Turquel, por 7-1, mas já com o título garantido, o jogo ficou marcado pelo adeus a quatro jogadores, entre eles, o capitão Hélder Nunes, considerado o melhor jogador português e que na próxima época representará o Barcelona, onde joga o português João Rodrigues.
Hélder Nunes foi substituído a dois minutos do fim, sendo aplaudido de pé pelos adeptos, seguindo-se os abraços dos colegas, mas antes de tudo o jogador tirou a braçadeira de capitão e entregou-a a Reinaldo Garcia, o argentino que conta dez anos de FC Porto, com um interregno para jogar no Liceo da Corunha e no Barcelona.
Nélson Filipe também se despediu após 18 anos de azul e branco (transfere-se para a Oliveirense), tal como Telmo Pinto (vai jogar no Sporting) e Carles Grau (Liceo).

Fonte- Jornal “O Jogo” * Fotografia- Ivan Del Val/Global Imagens

Noticias Domingo

fotohoqueiitalia 773x380

A Oliveirense igualou a melhor classificação de sempre ao conquistar o 2° lugar do Campeonato Nacional de Hóquei em Patins ao vencer a AD Oeiras por 6-4, confirmando desta forma o 2.º lugar da classificação geral e “empurrando o Oeiras para a 2.ª divisão nacional. O título foi entregue ao Porto na penúltima jornada.
O jogo teve Domingos Pinho na baliza, Jordi Bargalló, Xavier Barroso, Jorge Silva e Emanuel Garcia no 5 inicial. O argentino da União viria a ser o primeiro a fazer golo logo aos 3 minutos com um remate rasteiro forte após boa jogada ofensiva.
O Oeiras lutava por um resultado que lhe permitisse ficar na primeira divisão nacional e apresentou-se muito determinado em Oliveira de Azeméis. Após um período menos conseguido por parte da Oliveirense, o Oeiras empatou o desafio por Joka num contra-ataque bem desenhado.
Já com Pedro Moreira e Pablo Cancela na pista, a Oliveirense quase sofria o golo em três ocasiões. Domingos fez duas belíssimas defesas e o poste substituiu o guarda-redes quando o golo parecia certo.
Na baliza contrária, Jordi Bargalló também atirou ao poste e Bernardo Silva fez uma boa defesa a um remate de Pablo Cancela. O galego viria a ser eficaz de livre directo após uma falta sofrida por Bargalló. Cancela fintou e fez o 2-1.
A 7 minutos do intervalo Jorge Silva ampliou para 3-1 após uma boa jogada e uma finta bem conseguida. O 4-1 teve assinatura de Jordi Bargalló a 3 minutos do intervalo. Estava bem a Oliveirense e o Oeiras parecia algo desanimado face ao que se passava no Pavilhão Dr Salvador Machado.
Na segunda parte Domingos Pinho continuou firme na baliza da União e fez uma excelente defesa numa situação em que estava desamparado face a Joka. Na resposta, Xavier Barroso acertou no poste.
Mas o Oeiras viria a fazer dois golos no espaço de um minuto pelo mesmo jogador. Joka bateu Domingos com dois remates fortes em jogadas de contra-ataque. A Oliveirense conseguiu uma resposta positiva com Pedro Moreira a bater forte e cruzado para o 5-3. Excelente golo do jogador português.
O 6-3 viria a ser da autoria de Pablo Cancela num remate rasteiro. A dois minitoa do final o resultado do jogo ficou definido numa bola parada de Tiago Nogueira que bateu Domingos Pinho para o 6-4 num desafio onde faltou público nas bancadas, mas, Charanga da União apoiou a equipa de princípio a fim.
O Oeiras saiu de Oliveira de Azeméis em lágrimas porque desceu de divisão. Um duro golpe para a equipa.

Fonte- UD Oliveirense

Noticias Domingo

61241667 1344869272327505 1463459562936860672 n

A equipa de hóquei em patins do Sporting Clube de Portugal recebeu e derrotou o OC Barcelos por 4-3 na 26.ª e última jornada do Campeonato Nacional, fechando assim a tabela classificativa no terceiro lugar.
O Sporting CP jogou o último jogo do campeonato nacional no “João Rocha” sendo o anfitrião do OC Barcelos
A equipa minhota não se intimidou frente ao campeão nacional em título até esta ronda e chegou mesmo ao 2-0 com golos de jogadores emprestados pelos leões- Gonçalo Nunes e “Alvarinho” estavam então decorridos 11 minutos de jogo.
O Sporting CP ripostou aos 19 minutos por Gonzalo Romero e até foi a equipa minhota a poder marcar não fosse “Alvarinho” desperdiçar um LD já no último minuto do primeiro tempo.
Já no segundo período Joca Guimarães fez mesmo o 1-3 mas até final a reação leonina acabou por funcionar conseguindo a reviravolta, a seu favor, no marcador.
Vítor Hugo, Gonzalo Romero e Raul Marín seriam os responsáveis pela “remontada” e conseguiram colocar os leões na frente do marcador em 4-3.
O Sporting CP termina assim no terceiro lugar com 61 pontos, menos três que a Oliveirense que foi segunda classificada, perante um FC Porto que recebe desta forma o testemunho de campeão nacional, já que terminou na liderança com 67 pontos.

Noticias Domingo

Vieirinha NewNo Pavilhão Fidelidade, os minutos iniciais ainda trouxeram algum equilíbrio entre as formações (1-1), equilíbro desfeito com naturalidade quando os encarnados começaram a demonstrar eficácia. Ao intervalo, o Benfica vencia por 5-1.

Na segunda metade, a toada manteve-se, embora com menos golos. Os encarnados venceram por 7-1, com Vieirinha (2), Lucas Ordóñez (2), Valter Neves, Jordi Adroher e Miguel Rocha a assinarem os tentos do desafio.

Com este resultado, o Benfica soma um total de 53 pontos na competição e termina a edição 2018/19 do Campeonato Nacional de hóquei em patins na 4.ª posição da tabela classificativa.

Foto/fonte:slbenfica.pt

Porto Turquel

O FC Porto venceu esta tarde o HC Turquel (7-1) na 26.ª jornada do Campeonato Nacional de hóquei em patins. Os Dragões realizaram o último jogo da temporada 2018/19 ainda na ressaca da conquista do título nacional, o 23.º da história do clube.

O Dragão Caixa serviu de palco a nova celebração portista, com os adeptos a saudarem mais uma época de grande nível da equipa orientada por Guillem Cabestany e a despedirem-se com emoção dos atletas que vão sair do clube. Os jogadores surgiram no rinque com os cabelos e rostos pintados de azul e branco, fazendo questão de concluir o trajeto com um triunfo, mesmo em clima de festa.

Após excelente lance de Rafa, Hugo Santos inaugurou a contagem ao minuto 17. O jovem avançado viria a bisar na sequência de um belo movimento individual, fixando o resultado ao intervalo. Na segunda parte, Telmo Pinto assinou o terceiro golo do FC Porto Fidelidade e André Moreira a reduziu para o HC Turquel. Gonçalo Alves fez os dois golos seguintes, finalizando a temporada como o melhor marcador do Campeonato Nacional (41 golos), Hélder Nunes apontou o 6-1 e Hugo Santos completou o hat-trick ao cair do pano.

Valter Neves Antevisao New

A equipa de hóquei em patins dos encarnados prepara o encontro frente à equipa da linha já com a final four da Taça de Portugal no horizonte. Erros frente ao Oeiras foram objeto de estudo.
Na antevisão do desafio da última jornada do Campeonato Nacional, o capitão Valter Neves garantiu uma equipa com “garra e determinação”, apostada em corrigir os erros cometidos diante do Oeiras.
“Há alguns aspetos que temos de mudar significativamente, nomeadamente numa ou noutra questão do processo defensivo. Continuamos com a motivação no máximo para vencer este próximo encontro. Corrigir aquilo que fizemos de menos positivo e ter máxima garra e determinação”, afirmou, em declarações à BTV.
Sobre o Paço de Arcos, atual 6.º classificado da tabela, o hoquista disse esperar “uma equipa muito aguerrida, com o intuito de dificultar bastante o jogo ao Benfica”, apresentando a receita para a conquista dos três pontos: “Temos de estar totalmente concentrados naquilo que são os nossos processos”.
Com as contas do Campeonato fechadas, Valter Neves vê a partida deste sábado como mais um passo na preparação da final four da Taça de Portugal, marcada para o fim de semana de 1 e 2 e junho, em Oliveira de Azeméis.
Queremos melhorar todo o nosso processo, ganhar mais confiança, para depois podermos encarar a final four da Taça de Portugal na máxima força”, referiu.
O desafio entre o Benfica e o Paço de Arcos está agendado para este sábado, às 15h00, no Pavilhão Fidelidade. Os bilhetes estão à venda em todas as Benfica Official Store e nas Casas do Benfica com sistema de bilhética.

Fonte- SL Benfica * Texto: Luís Afonso Guerreiro

Fotos- Francisca Caria / SL Benfica

FB Quinta

61534939 2285609088188350 5263924966088245248 n

O Pavilhão da AD Sanjoanense recebe este sábado a partir das 15H30, o jogo da 1.ª mão do apuramento de campeão nacional da 2.ª divisão nacional, com a equipa de Vitor Pereira a defrontar o vencedor da Zona Sul, o HC “Os Tigres”.

Confronto entre dois emblemas com pergaminhos na modalidade e com dois títulos nacionais da 2.ª divisão (ADS em 78/79 e 00/01, enquanto o HC Tigres em 10/11 e 13/14) com o troféu desta temporada a ser o tira teimas para ambos os Clubes.
Jogo onde a expectativa é enorme, já que a formação de S. João da Madeira, no seu terreno apenas cedeu dois empates no decorrer da prova.
“Alex” Mount, internacional inglês é o seu melhor marcador com 37golos apontados, com Pedro Cerqueira (30 golos) e José Almeida (27 golos) a fecharem o pódio dos melhores marcadores da equipa alvinegra.
Do Ribatejo vem um Tigres que, a exemplo da Sanjoanense, assumiu desde cedo a sua candidatura à subida, e conseguiu-o a uma jornada do final.
A formação treinada por André Luís que em casa se mostrou sempre muito forte (cedendo apenas um empate), já fora saiu derrotada por 5 vezes.
Os ribatejanos tem em Filipe Bernardino (35 golos) e “Xavi” Lourenço (32 tentos) s seus melhores marcadores.
Equipa com jogadores experientes, (Paulo Passos, Filipe Bernardino, “Xavi” Lourenço)), aliás a exemplo da formação da Sanjoanense, com um plantel recheado de alguns internacionais jovens (casos de Mount, Pedro Cerqueira e “Xavi” Lourenço, por exemplo), esta partida no “caldeirão” de S. João da Madeira, promete ser um jogo de emoções fortes e onde o vencedor é garantidamente uma incógnita, embora a jogar no seu reduto, a formação da Sanjoanense parta como favorita.

FB Quinta

00002192

O Troféu da Taça de Portugal já está na cidade de Oliveira de Azeméis
A Associação de Patinagem de Aveiro colocou o Troféu da Taça de Portugal exposta junto da receção do Intermarché de Oliveira de Azeméis numa ação que pretende divulgar a Final Four da competição que se realiza dias 1 e 2 de Junho naquela cidade.

Fonte/Foto- FPP

FB Quinta

61164775 1260322920811820 7185715693365493760 o

Jorge Nuno Pinto da Costa recebeu em mão a taça de campeão nacional de hóquei em patins no Museu FC Porto
A taça de campeão nacional de hóquei em patins, conquistada pelos azuis e brancos no triunfo em casa frente ao Riba D’Ave (6-3), já pode ser contemplada no Museu FC Porto. O plantel e a equipa técnica dos Dragões entregaram em mão a taça ao presidente Jorge Nuno Pinto da Costa, que felicitou a conquista e elogiou o “grupo fantástico” de atletas, que têm continuado a caminhada desenhada por Ilídio Pinto. Este campeonato representa o oitavo troféu possível a nível nacional desde a chegada do técnico Guillem Cabestany, que juntamente com Hélder Nunes, sublinhou que este era “o maior objetivo da temporada”.
Este foi o 23.º campeonato nacional dos portistas e o 69.º troféu conquistado pelo hóquei em patins azul e branco, todos sob a liderança de Jorge Nuno Pinto da Costa.

Jorge Nuno Pinto da Costa
O hóquei em patins tem sido um fornecedor muito grande para o Museu FC Porto. Posso vos dizer que nas minhas presidências, desde 1982, já entraram 129 troféus da secção de hóquei em patins em todos os escalões, algo que é fruto de muito trabalho do grande obreiro que iniciou toda esta longa caminhada, o senhor Ilídio Pinto, sempre presente entre nós, e que o filho Eurico soube dar continuidade, e com o valor da equipa técnica e dos jogadores, foi possível alcançar este feito notável. É notável também que, nos últimos quatro anos, com a direção técnica de Guillem Cabestany, em 11 troféus possíveis, o FC Porto conquistou oito. Este sucesso é fruto da capacidade e da liderança do treinador e de poder contar com um grupo fantástico como o vosso. É realmente significativa a presença da taça no nosso museu e aproveito para, além de vos dar mais um abraço de parabéns, de vos dizer que foi uma honra ter-vos a todos como atletas do FC Porto. É na base dos atletas que se conquistam tantas taças, tantas vitórias e desejo-vos as maiores felicidades e que todos guardem uma recordação da passagem pelo FC Porto. Os que vão continuar, que continuem a sentir o orgulho que sempre sentiram a vestir a camisola azul e branca e a ter o símbolo do FC Porto ao peito e desejar que continuemos a vir aqui muitas vezes, porque o museu está sempre à espera de mais um troféu do hóquei em patins.”

Guillem Cabestany
“O campeonato é o prémio do trabalho constante que demonstrámos ao longo da época. Outros troféus são frutos de um bom fim de semana ou de um bom momento pontual da temporada, mas a conquista do campeonato é o resultado da consistência de toda a época e é o troféu em que dedicámos mais horas de treino. Era a competição que mais queríamos vencer e fizemos de tudo para estar aqui hoje, a entregar a taça ao Museu FC Porto.”

Hélder Nunes
“Felizmente, estamos habituados a vir aqui. Este ano conseguimos concretizar o nosso maior objetivo da época, que era vencer o campeonato nacional. Vir ao museu é sempre especial, principalmente quando é para entregar a taça de campeão ao presidente. É um motivo de orgulho, porque deixamos a vida em campo em todos os jogos e a recompensa foi dada perante os nossos adeptos e a nossa família. Melhor era impossível.”

Fonte/Foto- FC Porto

FB Quinta

pegil

A equipa de hóquei em patins do Sporting Clube de Portugal vai jogar a última partida do Campeonato Nacional no próximo sábado, frente ao Óquei Clube de Barcelos.
O atleta Leonino Pedro Gil, em antevisão a este encontro, relembrou que este “é o primeiro jogo no Pavilhão João Rocha depois da conquista da Taça Europeia”: “Vai ser um bom jogo hóquei e contamos com o apoio dos adeptos para nos ajudarem a conseguir a vitória.”
Este encontro tem também como objectivo preparar a meia-final da Taça de Portugal, marcada para o início de Junho, frente ao eterno rival, o SL Benfica. Em relação ao último adversário desta jornada, o espanhol afirmou que é um “bom rival, que está na quinta posição do campeonato”: “Vamos ter muitas dificuldades e vai ser um bom teste para sábado”, analisou Pedro Gil.
Relativamente ao grupo, o jogador Leonino frisou que “está com vontade de trabalhar” e que “está um bom ambiente entre todos”, realçando que desejam que chegue o “dia 1 para jogar a meia-final frente ao SL Benfica".

Fonte- Sporting CP * Foto- Jornal "O Jogo"

FB Quinta