a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Albert Mola reforça SC ...

Quinta-feira , Mai 26 2022
83

Remodelação quase total ...

Quinta-feira , Mai 26 2022
109

“Tudo vai ser decidido ...

Quinta-feira , Mai 26 2022
20

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
61977

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
30709

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
24915

FPP- Performance- ...

Quarta-feira , Abr 08 2020
944

FC Oliveira do Hospital ...

Segunda-feira , Set 08 2014
3012

1.ª Divisão- Resumo do ...

Segunda-feira , Mar 28 2022
192

ventosaterapia

Israel – Inglaterra 2-6

10535683 756682121065136 3504638008276224028 oA Inglaterra venceu esta tarde a Selecção de Israel por numa partida onde o domínio do jogo pertenceu quase sempre à equipa liderada pelo Português Carlos Amaral.
A Inglaterra desde cedo pegou na “batuta” da partida e assumiu as despesas do jogo perante um conjunto israelita desinibido, mas a mostrar muitas deficiências no seu colectivo e que na primeira parte pouco incomodou o ultimo reduto inglês.
O Conjunto das Ilhas Britânicas inauguraria o marcador por intermédio de Alexander Mount a meio do primeiro período, com o resultado a não se alterar até ao intervalo.
A segunda parte foi mais do mesmo, com a equipa de Carlos Amaral a dominar mas a não conseguir concretizar em golos essa supremacia em campo.
Do outro lado a equipa que viajou do médio oriente, mesmo com algumas lacunas, teve sempre o mérito, em particular na segunda metade da partida, de não se porfiar na sua zona defensiva, procurando sempre que a oportunidade surgia chegar à baliza da Inglaterra. No entanto a maior capacidade física e colectiva dos ingleses acabaria por ser crucial para o desfecho da partida.
A exemplo do que acontecera nos jogos anteriores a falta de ritmo e alguma imaturidade em situações de jogo, somado ao cansaço acabariam por trair a entrega dos jovens orientados por Radan Reis.
Alexander Mount aumenta para 2-0 aos 9 minutos, mas Tal Roei no minuto seguinte, numa jogada individual reduz para 2-1, fazendo o primeiro golo de Israel na prova.
Foi o toque de finados dos israelitas que viram o conjunto inglês marcar quase de seguida mais quatro golos e colocar o resultado em 5-1 a 3 minutos do final do jogo.
Até final ainda tempo de Inglaterra e Israel gritarem golo, com o resultado final a cifrar-se em 6-2 para os Ingleses.
Destaque nesta partida para Alexander Mount, autor de cinco dos golos da formação orientada por Carlos Amaral.

Foto: Marzia Cattini