a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Albert Mola reforça SC ...

Quinta-feira , Mai 26 2022
83

Remodelação quase total ...

Quinta-feira , Mai 26 2022
109

“Tudo vai ser decidido ...

Quinta-feira , Mai 26 2022
19

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
61977

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
30709

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
24915

Carlos Lopez vai ...

Domingo , Nov 27 2016
2493

Voltregà e Juv Viana ...

Sexta-feira , Jan 18 2019
828

Resumo HC Braga- UD ...

Segunda-feira , Nov 30 2020
655

ventosaterapia

JRamalho
Estivemos á conversa com João Ramalho, que este ano se transferiu para o CS Candelária, depois de no ano passado, o seu primeiro ano sénior, ter representado o CH Carvalhos. Quisemos saber como define a temporada anterior e como perspetiva esta nova etapa na sua carreira.

PLR: A temporada passada para o CH Carvalhos, onde estavas, não foi fácil mas conseguiram a manutenção. Como descreves a tua primeira temporada como sénior?
João Ramalho (JR): Como já tinha referido na entrevista que me fizeram no início da época passada o objetivo era ajudar o Clube Hóquei dos Carvalhos na manutenção. Embora sabendo que ia ser difícil, sempre acreditei que, com muito esforço, muito empenho e a preciosa ajuda da massa adepta íamos conseguir o meu objetivo pessoal que era necessariamente o objetivo de todos. A nível pessoal considero que foi uma época de aprendizagem, em que me adaptei bem e que dei o meu contributo para a manutenção.

PLR: Este ano mudaste para o Candelária, num projeto constituído por algumas caras novas. Quais os vossos objetivos?
JR: O Candelária este ano decidiu apostar na renovação do plantel adicionando aos elementos muito experientes, outros mais jovens, onde me incluo. Achei um projeto necessário para a contínua evolução do meu percurso como atleta e como tal aceitei o convite. Este ano o objetivo é qualificarmos novamente para as competições europeias e melhorar a classificação da época anterior.

PLR: Durante alguns anos o Candelária andou na luta pelos 4 primeiros lugares. Na temporada anterior já não foi bem assim. Como julgas que será este ano?
JR: O Candelária face aos atletas que o representam tem necessariamente de lutar por um lugar que honre o historial do clube. No entanto temos que referir que a insularidade tem alguns custos, nomeadamente a falta de competição para iniciarmos o campeonato com alguma rodagem. Mas penso que com muito trabalho podemos atingir os objetivos a que nos propusemos.

PLR: Como te correu a nível pessoal a temporada anterior?
JR: A época correu-me bastante bem, cumpri os meus objetivos pessoais, que passavam em ajudar o CH Carvalhos a conseguir a manutenção.

PLR: O que esperas, a nível pessoa para este novo desafio?
JR: A nível pessoal tenho os meus objetivos traçados e que passa necessariamente por evoluir e atingir degrau a degrau o meu sonho. Para isso trabalho todos os dias com empenho e dedicação para que, no final da época me sinta realizado com o meu desempenho e que passa por trabalhar com a equipa na tentativa de melhorar a classificação do ano anterior.

PLR: Que projetos e desejos tens para o futuro?
JR: Como qualquer atleta tenho sonhos. Neste momento estou no Candelária, clube que me acolheu muito bem, com um grupo de jogadores muito unidos, e tenho o desejo de continuar a evoluir para que mais tarde possa atingir os meus sonhos, que passam por ser campeão nacional e representar a seleção ao mais alto nível.

Fonte: Facebook João Ramalho