a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Liga Placard- resumo ...

Segunda-feira , Set 26 2022
20

CNF- Zona Centro- ...

Segunda-feira , Set 26 2022
12

Liga Placard- Resumo SC ...

Segunda-feira , Set 26 2022
21

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
62406

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
31272

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
25370

3.ª Divisão- Centro- ...

Quinta-feira , Dez 17 2015
1706

CN Sub13 Norte B: FC ...

Sábado , Mar 04 2017
2301

Internacional Português ...

Quinta-feira , Jul 08 2021
651

Nail Art Nível I 19 Setembro

1.ª divisãonacional

Com a realização do Sporting- Valongo encerrou-se a segunda jornada do Nacional da 1.ª Divisão, deixando claro as dificuldades dos candidatos ao ceptro (à excepção do Benfica nesta ronda) nos jogos que realizaram.
A começar pelo FC Porto, que na deslocação a Almeirim teve que vestir o facto macaco para conquistar os 3 pontos na vitória por 6-5. Sempre em vantagem é certo mas a ter pela frente um “Tigres” sempre na mira da surpresa até ao ultimo segundo do jogo.
O Valongo que ostenta o escudo de campeão nacional a não conseguir suplantar um leão esta temporada transfigurado. Na estreia na nova casa em Livramento (Mafra) a formação de Nuno Lopes conseguiu um triunfo importante, sob o olhar atento do Presidente do Clube, Bruno Carvalho. Triunfo por 4-1 num jogo onde os guarda-redes foram os jogadores em maior evidência na partida.
Na Ilha do Pico a formação do Candelária, pese todos os problemas inerentes ao grupo de trabalho que está sob as ordens de Hugo Gaidão, a formação picarota conseguiu um triunfo sobre o AD Oliveirense por 6-5, que não só foi importante para a classificação como para a moral das tropas insulares. Foi uma mostra clara de um conjunto que não baixa assim tão facilmente os braços e que ontem não contou com João Miguel, Pedro Afonso e Mauro Fernandes. Vitor Fortunato a sair da ilha de mãos a abanar numa partida que tinha tudo para correr bem.
Dos crónicos candidatos ao título somente o Benfica saiu sem dificuldades. Na deslocação À Póvoa do Varzim a formação encarnada venceu sem problemas de maior o novo primodivisionário CD Póvoa. João Rodrigues e Diogo Rafael em destaque pelo hat trick nesta partida.
Em Turquel a equipa local a fazer um “jogão” frente ao J. Viana a quem venceu por 8-7. Partida fabulosa com golos para todos os feitios e onde a formação de João Simões conseguiu virar, já na segunda parte, de um resultado negativo de 1-5 para 8-5. A formação da Aldeia só tremeu porque Luís “Zorro” Viana marcou por 6 vezes e foi o terror dentro de rinque. Fica claro que a máxima “Velhos são os trapos” aplica-se aqui que nem uma luva.
O OC Barcelos venceu no seu reduto por 3-2 a Sanjoanense numa partida onde esteve a ganhar por 3-0. Os últimos minutos foram de “aperto” para o conjunto de Paulo Freitas que viu a formação forasteira marcar por duas vezes e a “encostar-se” no marcador. A falta de pontaria nas bolas paradas por parte dos jogadores minhotos ainda criou mais suspense sobre o resultado final, mas no fim foi o conjunto barcelense a sorrir.
Por fim no “Casablanca” a equipa do Paço de Arcos a levar a melhor sobre a equipa do Carvalhos por 2-1.
Mas diga-se que não foi fácil. A formação nortenha a inaugurar o marcador, resultado que se manteve até ao intervalo. Valeu Rui Pereira no segundo tempo que na transformação de um LD e uma GP acabaram por garantir os três pontos para a formação da linha.
Após esta segunda ronda, FC Porto, SL Benfica, HC Turquel e OC Barcelos lideram com seis pontos.
Carvalhos, Tigres, Sanjoanense e Póvoa ainda suspiram pelos primeiros pontos na prova.

Resultados: http://www.plurisports.com/geral/index.php/pt/res-1div

Classificação Geral: http://www.plurisports.com/geral/index.php/pt/classificacaocn1divisao