a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Paulo Almeida renova com ...

Sábado , Jul 04 2020
27

Tiago Carvalho segue no ...

Sábado , Jul 04 2020
31

Bautista Acevedo, na ...

Sábado , Jul 04 2020
145

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
58938

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
26817

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
21367

Pavilhão CRPF Lavra ...

Quinta-feira , Dez 18 2014
1939

Paulo Freitas- “É um ...

Quinta-feira , Abr 26 2018
607

Presidente da CR-APP ...

Quinta-feira , Jan 14 2016
1926

pluri unhas J

2div sul

A AE Física D viu os seus adversários aproximarem-se da liderança, fruto da derrota sofrida em Tomar frente ao Sporting local.
Naquela que era a partida mais importante desta jornada, a equipa de Torres Vedras a sofrer a segunda derrota na época frente a um dos candidatos à subida de divisão. Num jogo táctico seria na segunda metade que se resolveria a contenda com Luís Silva a ser o MVP da partida ao apontar os tres golos dos nabantinos no triunfo por 3-2 da equipa de Nuno Domingues.
O SL Benfica-B que também tinha uma saída difícil, ao terreno do Nafarros, onde Física e SC Tomar tinham sido derrotados, a sair-se bem e a vencer por 8-5. A equipa de Jorge Godinho a ganhar terreno na luta pelo primeiro lugar.
O mesmo sucedeu com o Grândola que foi até Ponta Delgada defrontar a formação do Marítimo SC. Triunfo tangencial mas que garantiu os tres pontos e a posição privilegiada de ver o líder mais perto. José Gonçalves ao apontar quatro golos foi determinante para o resultado final e o garante dos tres pontos para o conjunto de Nelson Mateus.
A Salesiana é que decididamente não acerta o passo. Depois de um período de grande fulgor onde somou sete triunfos consecutivos, voltou a perder, desta feita no seu reduto frente ao Sesimbra por 5-2. A equipa de Luís Costa Duarte soma assim a terceira derrota seguida, e embora mantendo a 6.ª posição, viu o Sintra “encostar-se” em termos pontuais, somando ambas 22 pontos.
Em Oeiras num jogo de loucos e com muitos golos, triunfo “à pele” da equipa orientada por Carlos Pires. Numa partida onde o Oeiras esteve a perder, já na segunda parte por 5-1, uma reviravolta sensacional do conjunto da linha a garantir os tres pontos frente ao Alenquer com o resultado final a cifrar-se em 7-6. Partida intensa e com muitas queixas por parte dos responsáveis da formação da “Vila Presépio” relativamente à arbitragem neste encontro. Diogo Alves com quatro golos apontados nesta partida foi decididamente um dos grandes responsáveis pela conquista dos tres pontos nesta jornada.
Em Sintra a equipa de Rui Vieira a voltar aos triunfos depois de quatro jogos sem averbar pontos. A jogar no “Monte Santos” a equipa do Sintra a levar a melhor sobre o Alcobacense por 6-1 e a subir um lugar por troca com o Nafarros, ocupando agora o 7.º lugar, com os mesmos pontos da Salesiana.
Por fim em Sines triunfo da equipa do União FE por 4-3, num jogo onde a formação do Vasco da Gama foi quase sempre superior em rinque. Mas os desperdícios de bolas paradas por parte do conjunto de Nuno Martins e a “estrelinha” do União FE a brilhar no último segundo do encontro, com a obtenção do golo do triunfo da equipa de Pedro Nobre, acabaram por escrever a história deste jogo.

Resultados

Classificação Geral