a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Alexandre Silva, é ...

Terça-feira , Mai 26 2020
100

HC Braga começa a ...

Terça-feira , Mai 26 2020
99

FPP- Cursos de ...

Terça-feira , Mai 26 2020
57

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
58753

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
26616

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
21218

AP Lisboa Rui Henriques ...

Quarta-feira , Fev 08 2017
1989

3.ª Div. Centro: ...

Sexta-feira , Mar 13 2015
1274

2.ª Div. Norte: Riba ...

Domingo , Mai 01 2016
1221

pluri unhas J

EdoBosch

O FC Porto desloca-se domingo, pelas 15h, ao Pavilhão Dr. Salvador Machado, em Oliveira de Azeméis, em jogo da 16.ª Jornada do Campeonato Nacional da 1.ª Divisão, para defrontar a UD Oliveirense, procurando prolongar a série de quatro vitórias consecutivas no Campeonato nacional. À entrada para a 16.ª jornada, os Dragões, segundos classificados (três pontos atrás do líder Benfica), somam mais dez do que o adversário, que ocupa o terceiro lugar, com sete triunfos nos últimos sete jogos.
Edo Bosch sublinha, no entanto, que “as estatísticas não entram em campo” e que, apesar de o pavilhão da Oliveirense ser “tradicionalmente difícil”, os Dragões não podem pensar noutro resultado que não seja o triunfo. “Se nós queremos ganhar o campeonato, temos de ganhar em Oliveira de Azeméis, só nos interessa a vitória”.
O guarda-redes espanhol está consciente das dificuldades que esperam os Dragões e lembra que, desde que Tó Silva assumiu o comando técnico, a Oliveirense ainda não consentiu qualquer derrota. “É uma equipa para estar mais ou menos com os mesmos pontos que nós. É verdade que começou mal o campeonato, mas agora leva uma série de vitórias consecutivas que mostra o seu real valor”.

Fonte: FC Porto