a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Terceira edição do ...

Quinta-feira , Fev 02 2023
20

Dragões marcam passo em ...

Quinta-feira , Fev 02 2023
15

3.ª D- Série C- ...

Terça-feira , Jan 31 2023
25

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
62975

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
31839

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
25823

AP Lisboa - Seleção ...

Quinta-feira , Nov 23 2017
1509

T. “Vila de Valado dos ...

Domingo , Set 14 2014
3446

Raul Marin quer ...

Sábado , Jul 21 2018
1420

4 Tec Massagem 27 Fev

ADS CSC

AD Sanjoanense – Candelária SC 6-3

A Sanjoanense venceu este sábado a equipa açoriana do Candelária por 6-3 numa partida onde Chico Barreira foi claramente o homem do jogo ao apontar cinco dos seis golos da formação de Vítor Pereira.
Esteve melhor a equipa insular que inaugurou o marcador aos 5 minutos por intermédio de João Ramalho, O mesmo jogador aumentou a vantagem dois minutos depois.
Com a Sanjoanense a fazer um jogo taciturno e foi facilmente anulada pelo conjunto de Hugo Gaidão que foi neste primeiro tempo quase sempre superior. Mauro Fernández aumentou para 3-0 ao minuto 23 na transformação de um GP, mas Chico Barreira no minuto seguinte reduz, também de grande penalidade.
A Sanjoanense veio do intervalo com uma postura diferente, para melhor, e os dois golos madrugadores nesta segunda metade, aos 2 e 5 minutos por Chico Barreira na sequência de LD por cartões azuis mostrados a Tiago Resende e Alan Fernandes, acabou por colocar o resultado em 3-3.
Este empate deu alento ao conjunto da casa que mostrou então outra postura, a ser mais equipa e depois contou com a inspiração de Chico Barreira que novamente de LD, a castigar um CA mostrado a João Ramalho colocava a equipa alvinegra a vencer pela primeira vez na partida.
João Oliveira aos 10 minutos faz o 5-3 e Chico Barreira com o setique “on fire” aumenta para 6-3 com 13 minutos decorridos deste período. Foi sem dúvidas uma primeira metade deste segundo tempo notável para o conjunto de Vítor Pereira que depois de estar quase ko, consegue dar a volta ao destino da partida e ganhar uma vantagem confortável.
Até ao final mais dois LD a beneficiar a equipa da Sanjoanense, mas Chico Barreira e João Oliveira não aproveitaram a oportunidade.
Triunfo importante da Sanjoanense numa partida onde, como já dissemos, a inspiração de Chico Barreira foi fundamental para o desfecho da partida, num jogo onde a dupla de arbitragem mostrou cinco cartões azuis, todos à equipa picarota.
Quanto à Candelária fez a oitava partida sem vencer, tendo apenas neste hiato conseguido um empate, na última ronda, com a equipa picarota a estar a apenas tres pontos da linha de água.