a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Cabestany- “ Uma ...

Sábado , Abr 17 2021
60

Nuno Pinto- Estamos ...

Sábado , Abr 17 2021
82

Beatriz Figueiredo- ...

Sábado , Abr 17 2021
71

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
60161

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
28145

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
22516

Sporting de volta aos ...

Quarta-feira , Jan 22 2020
431

3.ª Divisão Nacional - ...

Terça-feira , Out 11 2016
1504

Sporting realiza ...

Segunda-feira , Set 05 2016
2079

3 Massagista Essencial 2

imagen

Foi com um forte sentimento independentista que se assistiu à entrega da Taça do Rei na final disputada em Blanes.
Foi sem dúvidas uma Copa do Rei muito pouco de Espanha, e muito do independentismo catalão. Ganhou o Vic, uma equipa da Comarca de Osona, zona marcada pela tendência independentista. Tanto assim foi que a equipa entrou em rinque com a bandeira “estrelada” e o guardião do Vic, foi mais longe, cozendo no seu equipamento o símbolo da Catalunha.
Com esse precedente e com bandeiras independentistas reinando no Pavilhão de Blanes, não foi de estranhar que o capitão da equipa do Vic, Josep Maria Roca, ao ir receber a Taça das mão do Presidente da Federação Espanhola, Carmelo Paniagua, levasse aos ombros uma Bandeira “Estrelada”.
O Rei brilhou pela ausência neste Evento, assim como Espanha, já que não havia nenhuma bandeira do País exposta no Pavilhão aquando da entrega dos prémios.

Fonte/Foto: www.vozpopuli.com