a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Marlene Sousa- “demos ...

Domingo , Out 17 2021
13

Dragões somam 6.ª ...

Domingo , Out 17 2021
8

“A Espanha foi mais ...

Domingo , Out 17 2021
12

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
61134

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
29379

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
23718

Ricardo Barreiros e a ...

Sexta-feira , Jan 02 2015
2043

Luís Adrião é o ...

Quinta-feira , Fev 02 2017
2205

CN S13 Norte: AD ...

Sábado , Mai 02 2015
1625

05 Barbeiro Completo 500h

P3287415

AP Minho 0 * AP Porto 6

O melhor estava reservado para o fim nesta partida que opôs as duas associações mais a norte do país, o Porto e Minho.
E que grande jogo aquele que tivemos oportunidade de assistir na ultima partida deste terceiro dia da 39.ª Edição do Inter-Regiões.
O Porto entrou com tudo neste jogo com os primeiros dez minutos a desbaratar por completo a selecção minhota fazendo cinco golos neste período.
Hugo Santos abriu o activo aos 2 minutos, o mesmo jogador aos cinco minutos aumentou para 2-0, Carlos Ramos dois minutos depois fez o 3-0, Xavier Pinho ainda nesse minuto colocou o placar em 4-0 e Miguel Moura encerrou em termos de golos neste primeiro período a contagem no marcador ao apontar o 5-0, faltavam cinco minutos para o intervalo.
Velocidade, transições e passes certeiros, deixaram a nu a defesa minhota, perante uma avalancha que vinha de todos os lados.
Fabuloso e para quem gosta de hóquei, uma delicia à vista esta primeira parte do Porto.
A segunda metade acabou por ser mais repartida com o Minho a procurar pelo menos o golo de honra. Mas mesmo a terminar Miguel Moura a bisar na partida e a fechar a contagem deste jogo.
Em destaque na equipa minhota neste segundo período para Carlos Oliveira e Fábio Ramos a tentarem remar contra a maré e a procurarem minimizar os estragos.
Não conseguiram, também por culpa de um conjunto do Porto muito adulto e em termos físicos a levarem quase sempre a melhor.
Triunfo justíssimo da equipa que melhor jogou em rinque, e porque não dize-lo, aquela que melhor hóquei apresentou até ao momento neste torneio.
Amanhã o Porto defrontará Lisboa pelas 10.30 e o Minho terá que se haver com Aveiro pelas 9.30, jogos estes referentes às meias finais e onde se encontrarão os finalistas que na tarde deste domingo procurarão conquistar esta 39.ª edição do Inter-Regiões.

AP Minho: 1- José Pereira (gr), 2-Miguel Lopes, 3-Carlos Oliveira, 4-Fábio Ramos, 5-Rúbem Araújo ©, 6-Pedro Freitas, 7-Diogo Abreu, 8-Diogo Silva, 9-Cândido Quintela, 10-Vasco Alves (gr)
Seleccionador: Paulo Machado

AP Porto: 10-Vasco Reis (GR), 2-Carlos Ramos, 3-Tiago Pinto, 6-Xavier Pinho, 8-Hugo Santos; 4-João Pereira, 5-Miguel Moura, 7-Rafael Moreira, 9-Pedro Amaral e 1-Alejandro Edo (GR)
Seleccionador: João Camões