a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

SL Benfica de volta aos ...

Sábado , Jan 16 2021
74

Riba D´Ave vence em ...

Sábado , Jan 16 2021
65

Valongo cede empate ...

Sábado , Jan 16 2021
60

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
59902

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
27831

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
22191

"Voto de pesar" - FPP

Segunda-feira , Out 02 2017
1656

Convocatória Seleção ...

Quarta-feira , Nov 22 2017
1220

Clinic Dragon Force ...

Quinta-feira , Jun 08 2017
1632

janeiro Pluriform 2

2.ªDivZonaNorte

Realiza-se no próximo sábado a 25.ª Jornada do Campeonato Nacional da 2.ª Divisão – Zona Norte e o maior destaque vai para o confronto entre o CI Sagres e o HA Cambra, numa partida que poderá definir o futuro de ambas as equipas na luta pela subida de divisão. Caso o CIS vença o encontro, relança totalmente a prova e provavelmente afastará o HA Cambra do 1.º lugar, enquanto se for o Cambra a vencer, fica um passo mais perto de garantir um dos dois primeiros lugares, que dão acesso à 1.ª divisão. Esta é, sem sombra de dúvidas, a mais importante disputa da ronda, com duas equipas a precisarem muito dos três pontos, pois estes definirão grande parte da temporada e o que poderá acontecer daqui para a frente, esperando-se uma partida altamente equilibrada e emotiva de início até final. Outra partida interessante decorrerá no Pavilhão das Goladas, com o HC Braga a receber o Valença HC, num duelo entre o 4.º e o 5.º classificado. Para a equipa que perder, termina aqui o sonho de ainda alcançar subida de divisão esperando-se igualmente uma partida de alto nível, sendo difícil apostar num vencedor, pois ambas já provaram estar a fazer uma boa campanha e terem jogadores com capacidade para decidir o encontro, aguardando-se com expetativa por este embate. Outra das partidas importantes acontecerá na Vila do Couto, com o CD Cucujães a receber o GDC Fânzeres. Para a equipa de Carlos Gonçalves, a jogar em casa, a obrigação será vencer, pois caso tal não aconteça, ficarão altamente comprometidos na classificação. Já para o GDC Fânzeres, uma vitória daria ainda um pouco mais de alívio, pois o Fânzeres está atualmente no 11.º lugar, com 24 pontos, a 6 de distância da indesejada “linha de água”.
Em Oliveira de Azeméis, a Escola Livre receberá a Académica de Espinho, 2.º classificado, que precisará forçosamente de vencer, tendo em conta o embate que haverá entre CIS e HAC. Para a AAE, uma vitória pode mesmo significar o 1.º lugar, mas mesmo que isso não signifique chegar ao 1.º lugar, certamente permitirá ao Espinho ficar com maior margem no 2.º posto, continuando a alimentar o sonho da subida à 1.ª Divisão. Ainda assim, não convém menosprezar a equipa da Escola Livre, que tem vindo a fazer um campeonato muito tranquilo e já mostrou, que especialmente em casa, é uma equipa altamente competitiva e certamente não deixará que a AAE tenha vida fácil, sendo esta uma partida interessante de se seguir.
Nas restantes partidas da ronda, o Famalicense AC receberá a ACR Gulpilhares e a classificação atual só nos permite atribuir todo o favoritismo aos famalicenses, que ainda na ronda anterior conseguiram surpreender o HA Cambra. Ainda assim, do lado do Gulpilhares a pressão e a necessidade de pontuar é alguma, pelo que se espera uma equipa altamente motivada e concentrada, de forma a conseguir surpreender, de forma a conseguir entretanto deixar a zona de despromoção. O Riba d’Ave HC receberá o HC Marco, numa partida que não parece ter grande influência para a equipa da casa, mas ainda assim, do que se conhece das equipas de Riba d’Ave não é nada provável que facilitem, apresentando-se como favorito à conquista dos três pontos. Caberá aos visitantes contrariar este favoritismo, tentando conquistar fora de portas, três pontos, que seriam fundamentais na fuga aos lugares de despromoção, que estão a apenas 3 pontos de distância. Finalmente a Juv. Pacense, já fora da luta pela subida de divisão, receberá o Lavra, num confronto em que é difícil antever um vencedor, pois o equilíbrio deverá ser a nota de ordem. Ainda assim, os pacenses ao jogarem no seu recinto, partem com algum favoritismo, restando aguardar para ver se o mesmo se confirmará, ou se o Lavra voltará a vencer, tal como na ronda anterior.

Resultados

Classificação