a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Protocolo do Sistema de ...

Quinta-feira , Ago 11 2022
68

Calendário da Elite Cup ...

Quinta-feira , Ago 11 2022
113

WSE Continental Cup será ...

Quarta-feira , Ago 10 2022
72

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
62224

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
31092

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
25235

FC Porto é Campeão ...

Sábado , Jul 09 2016
4106

Tó Neves aponta aos ...

Quinta-feira , Abr 16 2015
2012

2.ª D- Sul- BIR vence um ...

Segunda-feira , Out 26 2015
1753

Curso Unhas de Gel Profissional 25h ed

ng2166ECCE 6784 43C4 BA8D F7D4B3C9467C

Após a passagem à final a quatro da Taça de Portugal, Nuno Lopes afirmou que o Sporting foi a equipa que melhor cumpriu com o modelo de jogo previsto para este encontro.
Um bom jogo em que a equipa que esteve melhor ganhou. A nossa antevisão bateu certo com o que prevíamos. Valongo fez pressão alta enquanto o Sporting apresentou um bloco baixo porque sabíamos que tinha de ser assim. Tínhamos que roubar bolas em tempo e hora certa e matar no contra-ataque. Foi o que fizemos, aproveitando bem o contrapé”.
O técnico temia pelos efeitos da paragem de jogo devido à confusão entre os adeptos mas o pior acabou por não se confirmar. “A paragem não nos prejudicou, continuámos a apostar no contra-ataque e tivemos os dividendos disso. Hoje ganhou a nossa táctica, fomos melhor que o Valongo. Soubemos aguentar uma equipa muito atacante. Atirar muitas vezes à baliza não significa atirar bem. Temos de gerir a equipa de acordo com os jogadores que temos e não de acordo com o que pensamos. É desta forma que temos cumprido os nossos objectivos”, afirma.
Em relação às declarações de Paulo Pereira que afirmou ter sido “Girão 4-2 Valongo”, Nuno Lopes lembrou as vantagens que o técnico valonguense tirou do guardião no ano anterior. “Os valonguenses esqueceram-se que o Girão lhes deu o campeonato. Temos o Girão que toda a gente conhece e o Sporting tem de saber estimá-lo assim como o Girão também estima o Sporting”.
Nuno Lopes fez igualmente uma referência ao público que, diz, esteve inexcedível. “O nosso público deu-nos um apoio indiscritível. Achei a paragem correcta. Temos muitas crianças no pavilhão e também merecem salvaguarda”.
Por fim, o treinador ‘leonino’ fez uma referência às frentes em que o Sporting ainda se encontra. “Continuamos nas três frentes com que começámos a época mas ainda há muito a percorrer. É importante sublinhar que ainda não ganhámos nada. Saboreamos estes passos rumo aos nossos objectivos mas ainda temos muito de trabalhar e de esperar pelo momento da conquista”, finaliza.

Fonte: www.sporting.pt

Foto: Jornal "Record"