a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Pedro Henriques- “Jogo ...

Sábado , Abr 10 2021
44

Jordi Bargalló- ...

Sábado , Abr 10 2021
62

Miguel Rocha - ...

Sábado , Abr 10 2021
37

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
60149

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
28102

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
22474

Angola vai realizar ...

Terça-feira , Set 23 2014
2857

Leões passam com ...

Domingo , Fev 02 2020
545

CN Sub-17 – Sul- SC ...

Domingo , Mar 12 2017
1233

3 Massagista Essencial 2

10865717 769916489762084 4405283983484389813 o

Marítimo SC – AE Física D 3-3

A AE Física não foi além de um empate a 3 bolas na deslocação a Ponta Delgada onde defrontou a equipa do Marítimo SC.
Num jogo onde era à partida a favorita a vencer este encontro, perante um Marítimo a ocupar um dos lugares de descida, a formação de André Gil a desperdiçar dois pontos e a deixar tudo em aberto no que toca ao primeiro lugar desta zona sul. Agora são dois os pontos de diferença do SC Tomar, que irá a Torres Vedras na última jornada deste campeonato.
Foi o conjunto da Física a primeira a marcar, por intermédio de Vicente Alves, estavam decorridos 8 minutos da primeira parte, mas Carlos Guimarães a repor a igualdade aos 13 minutos. Nuno Pereira no entanto voltou a colocar a equipa torriense na frente do marcador aos 17 minutos, mas mais uma vez a experiência e qualidade de Carlos Guimarães a fazer estragos, e a empatar novamente o resultado, desta feita a duas bolas, faltavam então tres minutos para o intervalo.
Na etapa complementar foi novamente a equipa de André Gil a ser mais perigosa, conseguindo ao minuto treze fazer o 3-2 por Carlos Godinho. O Marítimo chegou ao empate aos 16 minutos na transformação de um LD na sequência da 10.ª falta da formação da Física. Júlio Soares na cara de Pedro Chambel não perdoou e voltava a colocar o empate na partida.
Até final foi quase sempre a formação de André Gil a mandar no jogo e teve já a menos de um minuto do final da partida a oportunidade de marcar o golo que seria da vitória, mas Carlos Godinho a não conseguir concretizar o LD correspondente à 10.ª da formação açoriana.
Empate que coloca a equipa de Júlio Soares ainda na luta pela permanência na segunda divisão e penalizou a formação torriense, que poderia praticamente ter selado a liderança, mas que agora terá que vencer as partidas todas, se quiser voltar ao principal campeonato português.