a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

João Pinto apresentado ...

Domingo , Jul 05 2020
1

Francisco Silva ...

Domingo , Jul 05 2020
8

Ana Arsénio deixa o SL ...

Domingo , Jul 05 2020
23

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
58942

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
26821

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
21367

Nelson Filipe renova ...

Terça-feira , Fev 02 2016
2541

Expectativa para o ...

Quarta-feira , Nov 08 2017
820

Tiago Jorge de saída do ...

Segunda-feira , Jun 13 2016
1891

pluri unhas J

l.senica

O seleccionador de português de hóquei em patins considerou esta segunda-feira a equipa lusa como uma das favoritas do Mundial de 2015, que se realiza em França, mas desconfia das selecções menos cotadas. Depois de ter anunciado a lista de 11 jogadores que vão integrar o estágio da equipa portuguesa, Luís Sénica admite que a equipa portuguesa "foi, é e será sempre uma potência" na modalidade, mas alertou também para o elevado nível das selecções que vão disputar a 42.ª edição do torneio em La Roche Sur Yon, França (20 a 27 de Junho).
"Vamos ter um Mundial competitivo. Não tenho a menor dúvida de que as ditas equipas de segunda linha estão muito mais próximas de poder interferir nas decisões. Pelo que tenho visto, a Argentina assume-se como candidata, a Espanha diz também que tem equipa para ganhar o Mundial, o Chile preparou-se para uma medalha, Angola quer uma medalha, França também e Itália, campeã da Europa, vai querer também o pódio", afirmou.
Apostando numa selecção que mistura juventude e experiência, Luís Sénica espera que, aliando esses dois factores, a equipa possa jogar um bom hóquei e conseguir os objectivos definidos, que numa primeira fase passam por ultrapassar o Grupo C, no qual Portugal vai defrontar a Alemanha, Áustria e Brasil.
"Respeito total e permanente pelos nossos adversários directos na fase de grupos e sempre assim terá de ser. Esse é o nosso grande objectivo, o primeiro momento desta competição, deste nosso caminho e é aí que temos que centrar as nossas forças. Temos uma rota, temos gente competente, irrequieta, com maturação e que permite objectivar esses lugares de topo", disse.
O seleccionador falou ainda sobre o apoio que espera da comunidade portuguesa residente em França, admitindo que esse pode ser um factor importante para 'empurrar' a equipa para as boas exibições, na tentativa de recuperar um título que já conquistou por 15 vezes, mas que 'foge' desde 2003, num Mundial então disputado em Oliveira de Azeméis.
"Será sempre positivo jogar num contexto de apoio, de motivação e de carinho para com a nossa selecção. Desde já faço um apelo aos jornalistas que façam eco desta comunicação para que os portugueses que habitam naquela zona que encham o pavilhão, que nos apoiem, porque certamente esta equipa vai saber responder da melhor maneira", concluiu.
O estágio da equipa portuguesa irá decorrer entre os dias 27 de maio e 18 de Junho no Luso, no distrito de Coimbra, sendo que nesse período estão previstos seis jogos particulares, o último dos quais já confirmado frente à selecção da Colômbia. A estreia no Campeonato de Mundo de 2015 está prevista para 21 de Junho, frente à selecção alemã.

Fonte: Jornal “Record”

Foto: desporto.sapo.pt