a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Nuno Lopes- ...

Domingo , Mai 15 2022
30

João Pinto lança final- ...

Domingo , Mai 15 2022
20

Trissino junta-se ao ...

Domingo , Mai 15 2022
14

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
61950

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
30666

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
24884

Sporting vence Almeirim

Domingo , Set 27 2020
671

Miguel Oliveira renova ...

Segunda-feira , Jul 31 2017
1382

Pol Manrubia é reforço ...

Quinta-feira , Jul 15 2021
369

ventosaterapia

CDCucujãesManutencao

Novamente na última jornada do Campeonato Nacional da 2.ª Divisão – Zona Norte, o Clube Desportivo de Cucujães garantiu a manutenção no escalão secundário do hóquei em patins nacional da próxima época, após vencer por 11-2 sobre a equipa da Mealhada.
Numa primeira parte equilibrada, o nervosismo da equipa da casa salientou-se, onde o golo que inaugurara o marcador surgiu à passagem do minuto 19, por intermédio do goleador cucujanense, Miguel Oliveira, que rematara colocado, sem hipóteses para o guardião Dário Rodrigues. A bola foi ao centro, e no lance seguinte, fruto da rápida recuperação de bola por parte da equipa da casa, João Timóteo faz falta merecedora de cartolina azul, prontamente mostrada pelo árbitro António Teixeira. Na sequência Miguel Oliveira desperdiçou e rematou à figura do guardião da Bairrada. Ao intervalo verifica-se esta vantagem mínima da turma de Carlos Gonçalves, com uma primeira parte bastante disputada a meio campo.
Vindo das cabines, o CD Cucujães vinha com sede de manutenção, e começou logo a construir a vitória e consequente permanência, ao minuto 3, quando Miguel Oliveira voltou a fazer estragos, bisando na partida. A vantagem seria ampliada no minuto seguinte por Duarte Resende, que não queria ficar atrás, dando o gosto ao stick. No minuto 5, o árbitro assinala uma grande penalidade a favor do HC Mealhada, que Bruno Lima aproveita bem fazendo o 3-1 na partida. O CD Cucujães não gostou, e no mesmo minuto, Miguel Oliveira completou o “hat-trick”, após um remate em excesso de velocidade que só parou no fundo das redes de Dário Rodrigues. Novo golo só viria a surgir ao minuto 13, quando João Teles, em queda, colocou a bola no fundo da baliza, ampliando para 5-1, começando a desenhar-se uma goleada. O minuto 16 foi de glória para André Silva, que nesse minuto bisou na partida, marcando o 6-1, num lance de insistência junto ao poste, voltando a marcar, após aparecer sozinho perante Dário Rodrigues, fazendo o 7-1. Fruto da 10ª falta da Mealhada, os jogadores do CD Cucujães "elegeram" Gabriel Teixeira para marcar o livre direto, só que este não foi capaz de ultrapassar o guardião adversário. Mas ao minuto 19, Miguel Oliveira voltara a marcar, atingindo um recorde: conseguir apontar 50 golos na presente época. No mesmo minuto, João Teles, aproveitando uma desconcentração da equipa forasteira, bisou na partida, fazendo o 9-1. À passagem do minuto 20, André Silva fez também o seu “hat-trick”. Até ao final, a Mealhada ainda reduziu por intermédio de Diogo Moura. Mas, ao minuto 23, Pedro Costa, a pedir dos adeptos marcou mais um golo, estabelecendo o resultado final, volumoso, de 11-2.

Resultados

Classificação