a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Marlene Sousa- “A Liga ...

Sexta-feira , Fev 03 2023
8

Nil Roca- “Temos de ...

Sexta-feira , Fev 03 2023
11

Alejandro Dominguez- ...

Sexta-feira , Fev 03 2023
10

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
62980

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
31841

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
25826

2.ª Div. Norte: AD ...

Domingo , Nov 26 2017
2090

CN Sub13 Norte 2.ª Fase ...

Terça-feira , Mai 23 2017
1626

Duas Caras novas e uma ...

Domingo , Mai 31 2020
1356

4 Tec Massagem 27 Fev

11334162 10204640571590044 328522843500479243 o

Angola – Suíça 4-3

Martin Payero foi o herói desta partida entre angolanos e suíços ao apontar tres dos golos da formação africana no jogo de atribuição entre 9.º e 10.º lugar.
Depois do triunfo ontem perante o Brasil por 3-2, que lhe garantiu a luta pelo nono lugar da classificação geral, nova vitória da equipa orientada por Orlando Graça pela margem mínima, mas diga-se em abono da verdade com toda a justiça.
Martin Payero, cedo abriu o activo, logo aos dois minutos, mas a resposta helvética a acontecer aos quatro minutos por intermédio de Andreas Munger. Até ao intervalo o resultado não se alteraria, embora a selecção africana tenha tido duas soberanas oportunidades para fazer mexer o marcador. Martin Payero e “Johe” de GP, não conseguiram desfeitear Guillaume Oberson, o guardião da Suíça.
E foi mesma a equipa orientada pelo catalão Mateo Vilella que se adiantou no marcador logo ao minuto tres por intermédio de Gael Jimenez.
A resposta angolana chegou minutos mais tarde por Márcio Fernandes e Martin Payero, que voltaram a colocar os “Palancas” na frente do marcador, faltavam então cerca de dez minutos para o final do encontro.
Mas mais uma vez a equipa helvética a não desperdiçar a oportunidade para chegar ao empate por Pascal Kissling de grande penalidade. Valeu o golo de Martin Payero, o seu terceiro nesta partida, faltavam então quatro minutos para o terminus do jogo, que acabou por selar o resultado final.
Triunfo justo dos africanos que igualaram o 9.º lugar obtido no ultimo mundial, realizado curiosamente em Angola, o primeiro no historial do hóquei em patins, em terras africanas.

Foto: Luís Miguel Hevia

workshops para rodapé Noticias EscovaProgressiva