a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

3ª divisão - HC Fão soma ...

Domingo , Out 25 2020
8

Famalicense goleia Riba ...

Domingo , Out 25 2020
9

CNF- Leoas com mão cheia ...

Domingo , Out 25 2020
9

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
59532

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
27423

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
21832

Taça do Minho disputou ...

Quarta-feira , Fev 24 2016
1425

Resumo 1.ª Div 13ª Jor. ...

Segunda-feira , Jan 25 2016
1467

Mathias Arnáez reforça ...

Terça-feira , Dez 24 2019
813

Pluriform PP1

12081381 1038765312822018 1537023172 n

AD Oeiras – AJ Salesiana 3-4

O Oeiras, uma das equipas onde se aposta forte pela luta para a subida de divisão, foi surpreendida na jornada inaugural, pela Salesiana, formação que viu sair alguns dos elementos, mais preponderantes da época transacta e que neste início de época mostrou-se muito modesto, se considerarmos os resultados obtidos pela formação orientada por Luís Costa Duarte.
E neste sábado, onde se apontava para um triunfo, com mais ou menos dificuldades da equipa, agora orientada por Rui Vieira, eis que a surpresa aconteceu, com a Salesiana a roubar pontos, onde menos se esperaria provavelmente.
Jogo quase sempre de domínio do Oeiras, que assumiu as despesas de jogo perante uma Salesiana, que procurou defender bem e jogar no contra ataque.
Ao intervalo o 2-0, golos de Diogo Alves e André Garção, era o corolário do que se tinha passado em rinque, e, podia-se mesmo dizer, justo.
Foi nos mesmos moldes que a segunda metade se iniciou, com o Oeiras a mandar na partida, e André Garção tem oportunidade de dilatar o marcador, mas desperdiça uma GP, é Luís Marques que aos 9 minutos, reduz. O caso deste jogo acabou por acontecer dois minutos depois com a exclusão de Luís Marques pela admoestação de um CA. Paulo jesus desperdiça o LD correspondente a esta exclusão, e acaba por ser a Salesiana a dar a volta ao marcador, numa fase em que jogava em inferioridade numérica. Leonardo Monteiro e Miguel Mendes colocam a equipa do Estoril a vencer por 3-2, para perplexidade de quem assistia à partida.
Aproveitando algum desnorte da equipa do Oeiras é mesmo a Salesiana a aumentar para 4-2 aos 18 minutos. Paulo Jesus reduz no minuto seguinte, vê a Salesiana a dois minutos do final da partida falhar um LD a castigar a 10.ª falta do Oeiras, e o mesmo a suceder ao conjunto da casa segundos depois por intermédio de Tiago Nogueira que não conseguiu enganar Guilherme Pedruco, e desperdiçar assim a oportunidade do empate, e tudo por culpa do guardião forasteiro, que foi talvez o melhor elemento em campo nesta partida.

Triunfo inesperado da Salesiana, mas que acaba por se aceitar, pela forma pragmática como encarou o jogo, e acabou por ter a “estrelinha” na hora certa para garantir os três pontos em disputa.

Foto: Luísa Robalo

workshops para rodapé Noticias ExtensãodeSobrancelha