a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

CD Paço Arcos soma o ...

Segunda-feira , Dez 05 2022
18

Liga Placard- resumo da ...

Segunda-feira , Dez 05 2022
15

“Manita” de Pedro Mendes ...

Segunda-feira , Dez 05 2022
9

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
62771

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
31566

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
25615

2.ª Div. – Zona Norte – ...

Quinta-feira , Nov 20 2014
2878

SL Benfica fecha 2015 ...

Segunda-feira , Jan 04 2016
2955

Vitor Barreto de saída ...

Quinta-feira , Jun 17 2021
1283

6 10Massagista Inícial

FCPCabestany 08 09 15 n

O FC Porto Fidelidade estreia-se este sábado, às 18h00, na Liga Europeia 2015/16, com a recepção ao Iserlohn, em jogo que será transmitido em directo pelo Porto Canal. O adversário é teoricamente o mais fraco do grupo A, mas Guillem Cabestany alerta para o facto de os campeões alemães terem no plantel três jogadores portugueses (Sérgio Pereira, Jorge Fonseca e André Costa) e um argentino (Carlos Nuñez), para além de um guarda-redes norte-americano (Troy Sato). Alguns dos hoquistas do Iserlohn também fazem parte da selecção do seu país, que tem vindo a subir der nível, por isso fico o alerta: os portistas terão de estar ao seu nível habitual.
“Teoricamente somos melhor equipa. Temos de demonstrá-lo no rinque e fazer o nosso jogo, impondo essa diferença de qualidade. Vencer passa por estarmos ao nosso nível, caso contrário vamos dar-lhes oportunidade para fazer uma surpresa. Espero que cumpramos com o nosso objectivo”, afirmou o treinador do FC Porto, na antevisão do encontro, esta quinta-feira. Cabestany reconheceu que o plantel ainda está a progredir na assimilação das novas ideias de jogo e garantiu que o facto de os portistas ficarem tantas vezes perto do título europeu, sem o conseguir, não irá influenciar o rendimento na prova: “A motivação está intacta, não temos de olhar para trás mas sim para a frente, para progredirmos e estarmos mais preparados para quando surgirem rivais de maior nível”.
O FC Porto vai lutar para “voltar a ser um dos candidatos” ao triunfo final, mas antes disso terá de terminar o grupo num dos dois primeiros lugares, que dão acesso aos quartos-de-final. O técnico espanhol analisou os adversários sem tabus, deixando uma palavra especial aos italianos do Breganze, clube que treinou em 2014/15. “Será muito difícil que o Iserlohn se classifique, mas perder pontos contra eles pode ser determinante para as outras três equipas. O Barcelona é sempre o principal favorito, teoricamente, e depois temos o Breganze, que conheço bem e começou bem a época. Espero que estejamos um pouco melhor do que eles, apesar do carinho que tenho”, admitiu.
Jorge Silva, que esteve ao lado de Cabestany na sala de imprensa do Dragão Caixa, sublinhou o “respeito” pelo Iserlohn e desvalorizou igualmente o facto de o FC Porto procurar reconquistar o título europeu há 25 anos: “Tem sido frustrante perder nos jogos decisivos, porém temos agora uma mentalidade nova. Não podemos pensar desde já em ganhar a Liga Europeia, mas sim em começar por conseguir o apuramento na fase de grupos. A partir daí pensaremos jogo a jogo. O FC Porto é uma equipa que quer estar sempre na final four e não fugimos a isso, mas temos de trabalhar e consolidar o nosso estilo de jogo”.

Foto|Fonte: FC Porto

workshops para rodapé Noticias AutoEpilação