a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

2.ª Sul- Candelária não ...

Terça-feira , Nov 30 2021
2

2.ª D- Sul- AD Oeiras ...

Terça-feira , Nov 30 2021
4

Maca Ramos- “Cem por ...

Terça-feira , Nov 30 2021
5

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
61479

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
29964

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
24236

Filipe Almeida de saída ...

Segunda-feira , Ago 08 2016
2273

BIR- Torneio de Páscoa ...

Quinta-feira , Abr 02 2015
2075

LE: FC Barcelona perde ...

Sábado , Abr 01 2017
1834

5 Barbeiro Completo

Terronia

P2159300

União FE – UD Vilafranquense 9-3

O União FE recebeu este Domingo a equipa do Vilafranquense e tirou a barriga de misérias ao golear a formação que viajou de Vila Franca de Xira por 9-3, numa partida que se o maior destaque vai para os sete golos apontados por Pedro Brazete, também teve a particularidade de ver Mário Serra, actual director desportivo do Clube Unionista, a voltar ao rinque após dez anos afastado e que teve como maior prenda a obtenção de um dos golos da equipa do Entroncamento. Sem dúvidas uma tarde para recordar, esta vivida este domingo no “Albano Mateus” no Entroncamento.
Jogo onde a equipa unionista entrou mal, viu o Vilafranquense chegar ao 3-0 e nas oportunidades que criou, Orlando Pereira, que na temporada anterior representara, o União FE, esteve em grande no primeiro tempo evitando algumas excelentes oportunidades para o União poder reduzir.
Ao intervalo o resultado reflectia a assertividade do Vilafranquense perante um União ainda a viver com o fantasma dos últimos desaires.
Na segunda parte tudo seria diferente. Bruno Pereira, o técnico da equipa unionista colocou então em campo Elizeu “Zig” Raimundo, que por motivos de lesão não tem dado o seu contributo à equipa e Mário Serra, qual “D. Sebastião” pelos motivos que já atrás referimos, acabariam por ser os artífices da reviravolta no marcador. Os últimos minutos minutos da partida são realmente para serem recordados pelas gentes do Entroncamento. Depois do empate conseguido, Pedro Brazete a ser um autêntico furacão na defensiva do Vilafranquense e a desbaratar por completo toda a estratégia que João Graça tinha delineado. Sete golos no espaço de poucos minutos que deixaram Orlando Pereira atónito, e sem reacção.
Triunfo que acaba por se justificar pela entrega e raça dos jogadores unionistas que voltam assim a sorrir depois de três derrotas consecutivas. Pelo União FE para além dos sete golos apontado spelo endiabrado Pedro Brazete, Mário Serra, que voltou a fazer o gosto ao stick e Filipe Brizida fecharam as contas. Do lado do Vilafranquense, João Graça, Bruno Monteiro e Flávio Santos, foram os autores dos golos da sua equipa.

Resultados / Classificação Geral

Foto: (Arquivo)

workshops para rodapé Noticias ExtensãodeCabelo