a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

CNF- Zona Sul- Turquel ...

Quinta-feira , Out 06 2022
14

CNF- Zona Centro- ...

Quinta-feira , Out 06 2022
7

Liga Placard- Resumo GRF ...

Quinta-feira , Out 06 2022
18

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
62510

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
31376

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
25404

Taça das Nações: ...

Domingo , Abr 05 2015
2162

CN Sub20 Fase Final: OC ...

Segunda-feira , Abr 24 2017
1576

Tiago Losna: "Entrámos ...

Sábado , Mar 05 2016
1776

1 9 Cabeleireiro unissexo 3 Outubro

12511875 1129101910433806 1478627944 n

S Alenquer B – HC “Os Tigres” 3-4

Triunfo difícil mas justo do Tigres na partida que realizou em Alenquer, em jogo de estreias dos dois lados. O Alenquer a apresentar Paulo Pantana, a fazer a sua estreia no banco da equipa local e do lado da formação ribatejana Bruno Delgado (Ex- Nafarros) e André Raposo (Ex- CACO) a sentirem pela primeira vez a camisola da equipa ribatejana. Referência também para o regresso de João “Janeka” Silva após dois meses de suspensão.
Quanto ao jogo em si, acabou por ser uma partida muito equilibrada, mas com o Tigres a vencer com justiça, num rinque sempre complicado e que teve o resultado em suspense até ao apito final da dupla de arbitragem.
O primeiro golo apareceu já na parte final do primeiro tempo, apontado por Pedro Lourenço. Não demorou muito a resposta da formação de Almeirim com Bruno Delgado, o novo reforço, a fazer empate aos 23 minutos. André Gaspar já no ultimo minuto antes do intervalo a colocar a equipa do Tigres pela primeira vez na frente do marcador na partida.
Segunda parte intensa e de muitos nervos, com as duas equipas a procurarem o golo. O S Alenquer B dispõem logo ao terceiro minuto de um LD mas Alexandre Duarte não consegue desfeitear “Pilé”, aos nove minutos é a vez de “Janeka” também não aproveitar o LD a castigar o CA mostrado a Henrique Pereira, situação que o Alenquer também imitou no minuto seguinte, quando Diogo Tocha falhou o LD que penalizava a 10.ª falta de equipa do HC Tigres.
Ao minuto dezassete o caso do jogo com Bruno Delgado e Carlos “Pilé” Coelho a verem CA e no caso do guarda-redes, numa situação que deixou algumas dúvidas. A equipa de Diogo Ganchas viu-se a jogar momentaneamente com 3 jogadores (o guarda redes e 2 jogadores de campo), e Alexandre Duarte no período do power play a empatar a partida a 2 bolas.
Com os minutos a correrem a passo largo para o fim João “Janeka” Silva faz o 3-2 para o Tigres, mas a resposta da formação da casa foi célere com Carlos Santos a colocar novamente o empate no placar. Sem tempo para respirar, a resposta veio no setique de André Gaspar, corria o minuto 22, colocando mais uma vez a equipa ribatejana na frente do marcador, ao fazer o 4-3. E foi o Almeirim ainda nesse minuto a poder sentenciar o jogo, não fosse o jovem internacional André Gaspar, desperdiçar o LD correspondente à 10.ª falta de equipa do Alenquer.
Pouco depois terminava este encontro com o triunfo, difícil mas justo do Tigres, a prevalecer na partida.
O HC Tigres reparte a agora o 4.º lugar a par do HCP Grândola e AD Oeiras, numa luta que promete ser intensa na busca dos dois primeiros lugares e que dão acesso à subida de divisão, e que são ocupados por agora, pelo SC Tomar com 33 pontos e HC Sintra com 28, com a formação B do SL Benfica a ocupar a 3.ª posição com 27 pontos.
Quanto ao Alenquer, após esta ronda, que encerra a primeira volta da prova, ocupa agora a 12.ª posição, e primeira abaixo da linha de água.

Fonte / Foto: José Carlos Gaspar

workshops para rodapé Noticias PenteadosdeNoiva