a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Nuno " Miccoli " fratura ...

Quinta-feira , Fev 25 2021
150

Oliveirense aproxima-se ...

Quinta-feira , Fev 25 2021
116

No Minho fica a duvida. ...

Quarta-feira , Fev 24 2021
245

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
60013

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
27945

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
22310

Tiago Sousa - “Daremos ...

Quinta-feira , Jul 21 2016
1839

"Paulo Pereira perto do ...

Segunda-feira , Mar 13 2017
2177

Pedro Nunes – "Há que ...

Sexta-feira , Set 30 2016
1522

2 Barbeiro

SampaioCRAAPPorto

Chegou ao fim o processo que envolvia o CA - AP Porto e os três árbitros internacionais Joaquim Pinto, José Pinto e António Santos (Parte 1 - Pedido de Transferência | Parte 2 - Autorização da transferência | Parte 3 - Comunicado da ANAHP | Parte 4 - Resposta do CA - APP - Pag. 40 do Comunicado FPP), com o Comité de Disciplina da FPP a reconhecer agora no seu acordão, que a Direção do Conselho de Arbitragem da AP Porto, constituída por António Sampaio, Mário Coelho e Cristina Ferreira incorreram em infração disciplinar grave. Os elementos António Sampaio, Mário Coelho e Cristina Ferreira do CA - APP, na forma como responderam ao pedido de transferência dos árbitros acima citados, incorreram em infração disciplinar grave, pelo "acto ou facto que revele ofensas À FPP, Associados da FPP e respetivos corpos gerentes, seus membros, agentes, nomeadamente os membros dos Conselhos de Arbitragem das Associações de Patinagem. "

Numa molura que poderia ir desde a destituição de cargo, ou penas de 7 jogos a 3 anos de castigo, António Sampaio, Mário Coelho e Cristina Ferreira, ficaram "apenas" com uma Pena de Repreensão Escrita, atribuída pelo Conselho Disciplinar da FPP.

Assim e apesar da sanção aplicada ser ligeira, ficou provado no dito processo que os elementos da CA - APP incorreram numa infração grave, que só não teve consequências maiores, pela atribuição de "circunstância atenuante prevista no artigo 27º nº1 a) do Regulamento de Justiça e Disciplina da Federação de Patinagem de Portugal - bom comportamento, determinado pelo facto de nos últimos 2 (dois) anos não terem sofrido qualquer sanção disciplinar."

Acordão do Conselho Disciplina da FPP - Decisão Final: Of._Refª._CD-061-16_e_Relatório_e_Decisão_PI_2116-16.pdf

workshops para rodapé Noticias VernizGel