a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

2.ª- Sul- Parede abanou ...

Sexta-feira , Jun 11 2021
154

Nery assina pelo Riba ...

Sexta-feira , Jun 11 2021
523

2.ª Sul- Paços Arcos ...

Sexta-feira , Jun 11 2021
169

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
60350

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
28373

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
22728

II Taça Zé Natário ...

Quarta-feira , Out 11 2017
982

Pedro Batista renova ...

Domingo , Mai 28 2017
1401

IID Norte - Sanjoanense ...

Terça-feira , Jan 15 2019
747

10

A terceira jornada do Grupo B encerrou o segundo dia do Inter-regiões a disputar-se em Ponta Delgada.

Lisboa que defrontou a selecção de Coimbra venceu por 4-1, num jogo onde mais uma vez ficou patente a entrega e atitude do conjunto conimbricense.

AP Lisboa – AP Coimbra 4-1

12874182 10205688433871482 2024406695 o

Havia a curiosidade de saber como seria este encontro entre a formação de Lisboa e Coimbra, e em particular perceber como se portaria o conjunto de Joaquim Romeiro perante os Alfacinhas. E pese a derrota sofrida ficou mais uma vez patente a garra e querer que estes miúdos de Coimbra tem demonstrado neste edição do Inter-regiões.
E até foi Coimbra a inaugurar o marcador por Tiago Amaral ao minuto cinco, mas a resposta de Lisboa não demorou com Miguel Fortunato a empatar no minuto seguinte e foi Paolo Dias a confirmar a remontada aos sete minutos a colocar Lisboa a vencer pela primeira vez na partida. Gustavo Pato a dois minutos do intervalo a aumentar a vantagem para 3-1, resultado com que se atingiu o intervalo.
Segunda parte com maior domínio da equipa de Nuno Henriques mas a ter sempre a oposição cerrada e a nunca deitar a toalha ao chão por parte do seleccionado de Coimbra.
Duarte Rodrigues aos oito minutos da segunda parte fez o 4-1, resultado que não se alteraria até final.
Triunfo justo do conjunto alfacinha, perante a equipa de Coimbra que vendeu cara esta derrota.

AP Porto - AP Ribatejo 2-0

12421792 10205688927763829 423367020 n

Primeira parte equilibrada com o Ribatejo a surpreender a formação do Porto, fruto de um excelente trabalho defensivo, não permitindo à equipa de João Camões conseguisse criar situações de apuro no último reduto ribatejano. O nulo ao intervalo aceitava-se com as equipas a equivalerem-se em termos de remates posse de bola embora aqui com ligeiro ascendente do seleccionado do Porto.
A segunda parte manteve-se igual, mas uma desatenção na defesa do Ribatejo permitiu que Diogo Abreu abrisse o activo ao quatro minutos.
Jogo aberto com oportunidades dos dois lados e foi o Porto a desperdiçar uma excelente oportunidade na sequência de um LD a penalizar um Azul mostrado a Afonso Silva, que Diogo Abreu desperdiçou.
Últimos minutos de maior pressão por parte do Ribatejo, mas foi o Porto a aumentar para 2-0 a 35 segundos do términus do jogo, numa jogada de contra ataque finalizada por João Pereira e sentenciando aí a partida. O Ribatejo ainda dispôs de um LD a 25 segundos do final mas Gonçalo Guido a não conseguir concretizar.
Vitória justa da AP Porto que acabou por ser mais eficaz na hora da verdade somando assim a sua terceira vitória nesta edição do Inter-regiões e garantindo já a presença nas meias finais.

Fotos- David Veiga/hoqueipatins.pt

workshops para rodapé Noticias EscovaProgressiva