a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Hóquei Feminino do SL ...

Quarta-feira , Jan 20 2021
5

Telmo Sousa vai falar de ...

Terça-feira , Jan 19 2021
220

OC Barcelos em Turquel ...

Terça-feira , Jan 19 2021
142

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
59914

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
27843

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
22203

CN Feminino- SL Benfica ...

Domingo , Dez 11 2016
1567

Torneio Jorge Coutinho - ...

Segunda-feira , Set 08 2014
2792

Rúben Ribeiro reforça ...

Quinta-feira , Mai 30 2019
957

janeiro Pluriform 2

12595971 10205694160374641 799670810 n

Nos jogos a contar para a quarta jornada do Grupo B, Lisboa com o triunfo sobre o Ribatejo garantiu as meias finais juntando-se ao Porto, e Coimbra confirmou a excelente forma neste Inter-regiões consolidando a terceira posição neste grupo.

AP Coimbra – AP Setúbal 6-1

Coimbra voltou a mostrar garra e mais uma vez a segunda parte da formação coimbrã a ser decisiva no desfecho final deste jogo, garantindo a terceira posição da classificação geral.
Primeira parte com algum equilíbrio, embora a formação de Romeiro estivesse uns furos acima, e ao intervalo ia vencendo por 1-0.
Entrada decidida do conjunto de Coimbra que aos três minutos da etapa complementar fez dois golos, colocando o resultado em 3-0. Essa vantagem tranquilizou ainda mais o conjunto de Coimbra que com um hóquei mais físico e veloz foi dilatando o marcador até final.
Por Coimbra Martin Costa e Tiago Amaral bisaram, com Bernardo Martins e João Brito completaram os golos da Selecção de Joaquim Romeiro. Tiago Rosa fez o golo solitário da formação setubalense.

AP Ribatejo – AP Lisboa 0-3

Primeira parte de eficácia da Selecção de Lisboa rendeu aos pupilos de Nuno Henriques três golos. Gustavo Pato aos 4 minutos inaugurou o marcador e à passagem do minuto nove, Afonso Severino e Paolo Dias a aumentarem para 3-0. Se a vida estava difícil para os ribatejanos, com esta desvantagem ainda ficou pior, com Afonso Silva aos 11 minutos a desperdiçar um LD por catão Azul mostrado a Polo Dias a desperdiçar esta soberana oportunidade.
Segunda parte com o Ribatejo a procurar minimizar o resultado, a ter maior posse de bola e a criar algumas situações de apuro para a baliza de Lisboa, mas a não ter arte nem engenho para marcar. Gustavo Guido ainda reduziu, mas Lisboa voltou a marcar por Gustavo Pato, e praticamente sentenciou aí a partida.
Lisboa garantiu desta forma a presença nas meias finais e junta-se ao Porto neste Grupo.

Foto – David Veiga/ hoqueipatins.pt

workshops para rodapé Noticias DepilaçãoaLinha