a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

“A dificuldade era ...

Sábado , Nov 26 2022
9

Paulo Almeida- “A equipa ...

Sábado , Nov 26 2022
5

CNF- Dérbi de sentido ...

Sábado , Nov 26 2022
6

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
62734

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
31535

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
25581

Espanha escorrega frente ...

Quarta-feira , Out 08 2014
3481

Tenham atenção…Cuidado ...

Domingo , Out 12 2014
3754

Renato Garrido- ...

Domingo , Nov 21 2021
532

6 10Massagista Inícial

Reinaldo Garcia fcp sporting noticia

Os Dragões deslocam-se esta quarta-feira (21h00) ao rinque do Sporting, no caso a Torres Vedras ao Pavilhão do SC Torres e não desistem da luta pelo título
O primeiro lugar do Campeonato Nacional de hóquei em patins é ocupado pelo Benfica e está à distância de oito pontos, quando ambas as equipas têm apenas sete jogos para cumprir. Porém, Reinaldo García não desarma e considera fundamental obter os três pontos na deslocação ao terreno do Sporting, da 20.ª jornada da prova (quarta-feira, 21h00, com transmissão em direto na Sporting TV). O encontro, que se vai disputar no Pavilhão do SC Torres, em Torres Vedras, será “muito complicado”, mas o defesa/médio considera que até surge num bom momento, apenas quatro dias depois de falhado o objetivo de ultrapassar a Oliveirense nos quartos de final da Liga Europeia. Às vezes, “quanto mais rápido” se voltar à pista depois de um desaire, melhor.
O espírito não está no seu melhor, depois de uma derrota e de ficar fora da final a quatro, o que custa bastante. Pensamos que tínhamos trabalhado bastante para lá estar. É recente e ainda estamos a pensar nisso, mas amanhã temos um jogo muito importante para o campeonato, que não podemos deixar de ganhar, porque precisamos de todos os pontos possíveis. É uma fase complicada, mas já falamos entre todos e temos de continuar. Isto não acaba aqui”, afirmou ao hoquista ao Porto Canal e www.fcporto.pt. “Temos de tentar chegar o mais perto possível do Benfica. Esta difícil, mas se queremos aspirar a alguma coisa não podemos perder nenhum jogo e cada jogo é uma final”, acrescentou.
Na primeira volta, a vitória azul e branca foi muito expressiva (8-0), mas Reinaldo García considera que cada partida tem a sua história. E se o FC Porto tem o primeiro lugar na mira – e a Oliveirense a apenas três pontos, no terceiro lugar -, os lisboetas (sextos, com 35 pontos) procuram chegar ao quarto lugar, que dá acesso à Liga Europeia e que está à distância de apenas um ponto. “O jogo da primeira volta foi muito bom para nós, mas foi em nossa casa, agora é em casa deles. Os três pontos também são fundamentais para eles”, notou.

Fonte/Foto- www.fcporto.pt

workshops para rodapé Noticias AutoEpilação