a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

CNF- Centro- Sanjoanense ...

Terça-feira , Out 27 2020
56

Resumo HC Turquel- ...

Terça-feira , Out 27 2020
89

CNF-Norte- CA Feira ...

Terça-feira , Out 27 2020
89

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
59551

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
27431

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
21839

Gonçalo Fernandes- “Na ...

Sábado , Mar 18 2017
904

CH Carvalhos multado por ...

Domingo , Mai 06 2018
1039

Benfica derrota Bassano

Sábado , Nov 01 2014
2330

Pluriform PP1

helder rafa jorgesilva telmopinto fcporto turquel 181015 n

FC Porto – Juventude Viana 11-0

FC Porto bateu o Juventude Viana por 11-0 no último jogo em que Edo Bosch vestiu a camisola portista no Dragão Caixa
O FC Porto Fidelidade recebeu e goleou este sábado a Juventude de Viana por 11-0, com um “hat-trick” de Rafa, um “bis” de Gonçalo Alves e outro de Álvaro Morais, e golos de Reinaldo Garcia, Vítor Hugo, Jorge Silva e Hélder Nunes. Foi o jogo da 26.ª e última jornada do Campeonato Nacional, foi o último jogo do guarda-redes Edo Bosch no Dragão Caixa com a camisola azul e branca, que envergou durante 18 anos e com a qual conquistou um total de 28 troféus. Até agora, sublinhe-se, porque no próximo fim de semana os portistas disputam a Final a 4 da Taça de Portugal, em Ponte de Lima – na meia-final, no sábado, defrontam o Óquei de Barcelos (15h00, Porto Canal).
A história deste encontro começa, curiosamente, com uma defesa de Edo ao segundo minuto de jogo, momentos antes de ver uma bola embater no poste da baliza. O primeiro ataque perigoso pertenceu à equipa de Viana do Castelo, mas o primeiro golo foi do FC Porto, numa recarga bem-sucedida de Gonçalo Alves a um remate aos ferros de Reinaldo Garcia (3m). Minutos mais tarde, o avançado “bisava” na conversão de um penálti e dava sequência à boa resposta dos azuis e brancos ao início atrevido dos vianenses, que poucas oportunidades tiveram alvejar a baliza portista e quanto tiveram, Edo disse sempre presente, com boas intervenções
Na outra baliza estava Francisco Veludo que, com várias defesas, foi adiando novo golo dos Dragões até quando lhe foi possível, ou melhor, até surgir Rafa. O avançado saltou do banco para, em menos de cinco minutos, imitar Gonçalo Alves, com dois grandes golos e colocar o 4-0 no marcador, que antes do intervalo voltou a funcionar, graças a um remate certeiro de Álvaro Morais. A segunda parte só mudou a posição das equipas em campo, porque o FC Porto continuou a dominar o jogo a seu bel-prazer e de olhos postos na baliza da Juventude Viana. E foi com naturalidade que foi alargando a vantagem no marcador: Reinaldo Garcia apontou o sexto, Álvaro Morais assinou o sétimo e também bisou e Rafa chegou ao hat-trick naquele que foi o oitavo golo da tarde.
Num jogo com um sentido praticamente único, Vítor Hugo, de penálti, Jorge Silva e Hélder Nunes também quiseram deixar o seu nome na lista de marcadores e o jogo chegou ao fim com uns incontestáveis 11-0. Foi uma tarde com muitos golos, alguns deles de belo efeito, mas o momento mais bonito desta despedida da edição 2015/16 do campeonato estava reservado para o minuto 46, quando Edo Bosch cedeu o lugar a Nelson Filipe e o Dragão Caixa se levantou para aplaudir o guarda-redes catalão e agradecer-lhe as muitas vitórias que ao longo destas épocas ajudou a conquistar.

FICHA DE JOGO

Campeonato Nacional, 26.ª jornada
11 de junho de 2016
Dragão Caixa

Árbitros: Luís Peixoto e Miguel Guilherme (Lisboa)

FC PORTO FIDELIDADE: Edo Bosch (g.r.), Telmo Pinto, Reinaldo Garcia, Vítor Hugo e Gonçalo Alves
Jogaram ainda: Nélson Filipe (g.r.), Jorge Silva, Rafa, Álvaro Morais e Hélder Nunes
Treinador: Guillem Cabestany

JUVENTUDE VIANA: Francisco Veludo (g.r.); Francisco Silva, Diogo Fernandes, Tó Silva e André Azevedo
Jogaram ainda: Jorge Correia (g.r.), Gustavo Lima, Nuno Felix, Gonçalo Suíssas e Nelson Pereira
Treinador: Pedro Sampaio

Ao intervalo: 5-0
Marcadores: Gonçalo Alves (2m, 10m, ), Rafa (17m, 21m, 37m), Álvaro Morais (22m, 34m), Reinaldo Garcia (33m), Vítor Hugo (39m), Jorge Silva (42m), Hélder Nunes (48m)
Disciplina: Cartão azul a Francisco Silva (34m)

Fonte/ Foto – www.fcporto.pt

workshops para rodapé Noticias EscovaProgressiva