a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

3.ª D- Série C- ...

Terça-feira , Jan 31 2023
14

3.ª D. Série B- CP ...

Terça-feira , Jan 31 2023
10

Liga Placard- Resumo CD ...

Terça-feira , Jan 31 2023
14

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
62972

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
31833

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
25818

“Joka” Alves vai ...

Sábado , Mai 16 2020
1579

2.ª D- Sul- Antevisão da ...

Sexta-feira , Nov 28 2014
2288

CMSub20: Egipto ...

Terça-feira , Set 22 2015
2071

4 Tec Massagem 27 Fev

JornalRecordReinaldoVentura 

«Na festa da final do Campeonato da Europa, entre os milhares de portugueses que, felizes, comemoravam a conquista do título, um deles sentia de forma muito particular o êxito que acabava de ajudar a alcançar: Reinaldo Ventura.
O 'rei' acabava de vencer, aos 38 anos, o único troféu que ainda não tinha ganho nos seus 26 anos de carreira, iniciada no FC Porto em 1990, que atualmente prossegue no OC Barcelos.
"É o meu título especial. Depois de um ano de muito trabalho, chegar aqui a este ponto e conseguir uma taça que nunca tinha ganho é realmente especial. Não posso deixar passar esta oportunidade para agradecer aos meus companheiros do OC Barcelos, treinador, dirigentes e adeptos. Sem eles não estaria a festejar", começou por nos dizer Reinaldo Ventura.
O avançado regressou à seleção depois de ter anunciado o adeus à equipa portuguesa há quatro anos, após a final do Europeu em Paredes. Decidiu aceitar o pedido do selecionador Luís Sénica para voltar e ajudar uma equipa muito jovem.
"Estes miúdos foram incríveis. O objetivo que me fez regressar foi esse mesmo, ajudar esta seleção. Ser campeão da Europa e ainda por cima no nosso país, junto daquele público que nos apoiou desde a primeira jornada, foi memorável!"
Reinaldo era o único ‘sobrevivente’ da equipa que conquistou o título mundial em 2003, também em Oliveira de Azeméis. "Na altura não pensei no que se passou em 2003. Provavelmente mais à frente irei fazer comparações. Este ano conquistei dois títulos europeus, um pelo meu clube [n.d.r.: Taça CERS], outro pela seleção. Estou feliz", reconhece o experiente jogador, com um sorriso de orelha a orelha.»

Foto|fonte: Jornal "Record"

workshops para rodapé Noticias AutoEpilação