a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Desporto pára quase todo ...

Quinta-feira , Out 29 2020
437

Taça 1947, vai ser na ...

Quinta-feira , Out 29 2020
104

Resumo UD Oliveirense- ...

Quarta-feira , Out 28 2020
76

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
59559

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
27442

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
21848

AP Porto conquista ...

Segunda-feira , Jan 07 2019
717

Johe revela otimismo ...

Terça-feira , Jun 16 2015
1249

“Mais vivos que nunca” e ...

Quinta-feira , Jan 18 2018
1029

Pluriform PP1

14384181 1807013502846973 929332327 n

Sporting CP – SL Benfica 7-6

Primeira meia final a opor os dois rivais da segunda circular com os leões a mostrarem-se mais fortes perante uma Águia que pese ter começado a vencer, com um golo madrugador de Carlos Nicolia, viu o seu opositor fazer a remontada e a chegar ao intervalo a vencer por 3-1 com os tentos de Sergi Miras, GP e João Pinto e do jovem Ferran Font, numa fase onde o Benfica jogava em inferioridade numérica após cartão azul mostrado a Miguel Rocha.
Inicio de segunda parte onde o Benfica dispôs de dois livres directos para poder empatar mas Carlos Nicolia a desperdiça-los, o primeiro a penalizar a 10.ª falta leonina, aos 2 minutos e aos quatro minutos o internacional argentino a não conseguir enganar Girão após um LD a castigar um Azul mostrado a João Pinto.
Numa fase de grande intensidade Jordi Adroher reduz ainda nesse minuto, mas o jovem Sub-20 Gonçalo Nunes no minuto seguinte e de LD coloca o resultado em 4-2.
Com o Benfica a correr atrás do resultado é novamente Jordi Adroher a bisar e a colocar o resultado em 4-4 estavam decorridos 9 minutos de jogo, deixando assim tudo em aberto.
Mas a resposta do Sporting não se fez esperar e no minuto seguinte Ferran Font volta a dar vantagem ao Sporting. Com o pavilhão ao rubro Ferran Font e Jordi Adroher desperdiçam situações de bolas paradas (com o jogador leonino a falhar um LD , a castigar a 10.ª falta encarnada e logo de seguindo o jogador benfiquista a não converter uma GP).
Nesta fase de parada e resposta é o Sporting a equipa mais eficaz e “Mustang” não perdoa ao minuto 12 fazendo o 6-4.
Com o Benfica apostado e reduzir a diferença é a equipa de Guillem Perez a aumentar para 7-4 por Sergi Miras, de grande penalidade.
João Rodrigues ainda reduz ao bisar e a deixar o resultado em 7-6, com o ultimo golo já no minuto final, e é o Sporting que pode fechar a contagem mas Pedro Gil desperdiça um LD a 30 segundo do final, na sequência da 15.ª falta dos encarnados.
Pouco depois terminava um jogo de loucos com os leões a seguirem em Frente a garantirem a presença na final da prova esperando agora por saber quem será o seu adversário que sairá do confronto entre o FC Porto e a Oliveirense.

workshops para rodapé Noticias AutoManicura