a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Famalicense com seis ...

Segunda-feira , Mai 10 2021
454

CNF- Infante de Sagres ...

Segunda-feira , Mai 10 2021
157

Portugal recebe o ...

Segunda-feira , Mai 10 2021
350

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
60224

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
28211

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
22594

Seleção Nacional Sub20 ...

Domingo , Ago 27 2017
2245

WS Europe Cup- Resumo SC ...

Segunda-feira , Out 22 2018
912

Taça CERS- Turquel segue ...

Domingo , Nov 29 2015
1180

Tecnicomassagem cartaz

15259376 1388960267781301 7767351947140758475 o

AE Física - HCP Grândola 1-2

Depois de ter perdido a invencibilidade na jornada anterior, a Física regressava a casa com vontade de regressar ao trilho das vitórias, embora consciente das dificuldades que iria ter pela frente, não só devido ao valor da equipa adversária, mas também em resultado das diversas ausências (Ricardo Miranda e Vicente Alves por lesão e Emanuel Amâncio por castigo) que resultaram numa equipa, onde pontificavam 6 jogadores oriundos da equipa de Sub 20 Torreense, tendo-se destacado nas opções iniciais de André Gil a inclusão do jovem guarda-redes Bernardo Antunes, que diga-se de passagem, justificou plenamente a aposta do seu treinador.
Do outro lado a equipa orientada por Nelson Mateus, aparecia motivada com a recente vitória no clássico alentejano, e sabia que uma vitória lhe conferiria desde logo 3 pontos de vantagem sobre um rival directo na luta pela subida de divisão.
Estavam lançados os dados para um jogo que se previa muito equilibrado, o que viria efectivamente a acontecer.
Toada inicial de estudo mútuo, com nenhuma das equipas a conseguir um claro ascendente, mas com a Física a denotar mais paciência no ataque, na procura das melhores situações para alvejar a baliza à guarda de Ricardo Piteira, que em nossa opinião viria a ser a principal figura do jogo, cotando-se com uma excelente exibição.
Os minutos foram passando até que é assinalada uma grande penalidade a beneficiar a equipa da casa. João Lima chamado à conversão, atira ao lado e na recarga permite defesa ao guarda redes.
Instantes depois, mais um lance que gerou alguma contestação, com a bola a aparecer dentro da baliza da Física, depois de muita confusão dentro da área, mas o golo a não ser validado, pois o árbitro principal Paulo Carvalho já havia interrompido a partida antes da bola ultrapassar a linha de baliza.
Faltavam cerca de 7m30s, para o final, quando André Gil pede o seu tempo técnico e aproveita para colocar em pista o jovem Fábio Cambão no lugar de João Lima, tendo esta substituição mexido com o jogo, pois o jovem Torreense veio dar maior dinâmica ao jogo da sua equipa, que finalmente consegue começar a criar situações de golo eminente, 1º numa transição em 2x1 com Garrancho a atirar à base do poste, instantes depois seria Gaspar a obrigar Piteira a aplicar-se, até que surgiria o golo da autoria de Garrancho, numa sticada de ½ distância com Piteira ainda a tocar no esférico, mas a não conseguir evitar o golo, quando faltavam 4m50s para o intervalo.
De imediato Nelson Mateus, pede o seu tempo técnico, processando uma dupla alteração na sua equipa no sentido de lha dar mais acutilância ofensiva, principalmente através da presença na área do jovem José Bernardo “Tanaka”, mas apesar desse empertigamento alentejano o intervalo chegaria sem mais alterações no marcador.
A 2ª parte inicia-se com a Física a desperdiçar de uma soberana ocasião de golo por João Lima, essa situação fez com que os anfitriões aumentassem cada vez mais a sua intensidade de jogo, criando diversas situações de apuro para o último reduto alentejano, no entanto seriam os homens da “Vila Morena” a terem uma ocasião soberana para empatarem a partida, quando Ruben Silva desperdiça uma grande penalidade, atirando por cima da baliza e permitindo a defesa do jovem Bernardo, na recarga.
Estava dado o mote para este derradeiro período, com uma Física mais afoita no ataque a permitir mais espaços para a transição ofensiva adversária, no entanto seria de uma jogada de insistência dentro da área, que o golo do empate surgiria, com “Tanaka” a aproveitar a apatia defensiva adversária para fazer o empate.

Instantes depois, é a Física a beneficiar de mais uma clara situação para regressar à vantagem, mas Gaspar permite defesa de Piteira, aquando da execução de um LD a castigar enganchamento do jovem avançado Torreense, tendo Ruben Silvana sido admoestado com cartão azul, na sequencia do mesmo. Nos 2 minutos de PWP que beneficiou, a equipa de André Gil não encontrou forma de desfeitear a boa organização defensiva adversária.
A Física mantinha algum ascendente na partida, quando é assinalado novo LD, desta feita a beneficiar a equipa alentejana. Entrado para tentar converter mais esta bola parada, Gonçalo Marcelino desperdiça, levando o esférico a embater no poste.
As substituições iam sendo uma constante, e o regresso do jovem Fábio Cambão à partida, coincide com novo período de claro ascendente anfitrião, com Piteira por diversas vezes a evitar o golo na sua baliza, mas como diz o ditado “quem não mata, acaba por morrer”, tendo sido isso que acabou por suceder à equipa da Física, que se viu em desvantagem no marcador, na sequencia de mais uma perca de bola em zona proibida, que acabaria por dar um 2x1 ao ataque alentejano, que aproveitaria para chegar à vantagem por intermédio de Marcelino.
Faltavam ainda cerca de 12 minutos para serem jogados e pensou-se que a reacção dos anfitriões seria muito forte, no entanto as escassas soluções que Gil têm ao seu dispor, não permitiu que a equipa da Física conseguisse impor um ritmo de jogo muito elevado, levando dessa forma o Grândola a gerir inteligentemente esta magra vantagem até ao final da partida.
Na próxima jornada os comandados de André Gil viajam até Sines, na procura de inverterem este ciclo negativo, enquanto Nelson Mateus e seus pares, regressam a casa para defrontarem a AD Oeiras, num dos jogos mais aguardados da 8ª jornada.

Fonte / Foto – José Carlos Gaspar

workshops para rodapé Noticias NailArt