a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Cláudio Peça de regresso ...

Domingo , Jul 05 2020
77

João Pinto apresentado ...

Domingo , Jul 05 2020
58

Francisco Silva ...

Domingo , Jul 05 2020
59

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
58944

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
26823

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
21368

Bruno Pinho do CRPF ...

Segunda-feira , Ago 31 2015
1230

AD Limianos confirma ...

Segunda-feira , Jul 30 2018
846

Leonardo Rodrigues será ...

Segunda-feira , Jul 25 2016
2136

pluri unhas J

cabestany fcp

O treinador do FC Porto, Guillem Cabestany antecipou encontro com o Barcelona, da 4.ª jornada da Liga Europeia.

«Após o primeiro desaire da temporada, o FC Porto Fidelidade regressa no sábado à competição e aos palcos europeus para defrontar o FC Barcelona (19h50, Porto Canal), na quarta jornada do Grupo B da Liga Europeia de hóquei em patins. Atuais líderes do agrupamento (sete pontos), os Dragões deslocam-se a um dos mais temidos pavilhões mundiais em busca da uma vitória que lhes permita ficar muito perto de garantir a qualificação para os quartos de final da prova: somariam mais quatro pontos do que o segundo, com duas jornadas por disputar.

Na antevisão da partida, o treinador Guillem Cabestany não escondeu o dia menos positivo dos Dragões no passado sábado e indicou que o objetivo da sua equipa é recuperar o nível exibicional que lhe permitiu vencer (2-1) os catalães no Dragão Caixa no último jogo de 2016. Para que isso aconteça, o técnico alerta que “não há fórmulas mágicas” e que só um grupo unido e forte coletivamente poderá chegar ao tão desejado triunfo.

»



Guillem Cabestany (treinador)
“Vamos para este jogo para tentar lavar a imagem deixada no sábado. Recuperar sensações e tentar demonstrar a nós mesmos, aos adeptos e a toda a gente que nós não somos essa equipa que jogou no fim de semana. Não estivemos bem e vamos tentar recuperar o nível que tivemos, precisamente contra o Barcelona antes do final do ano, que parece que por duas horas esquecemos.”

“Sabemos que é possível vencer o Barcelona. Já o fizemos e vamos tentar voltar a fazê-lo. Mas por agora o que precisamos todos este fim de semana é de recuperar as nossas sensações. Jogamos, senão a melhor, com uma das três melhores equipas do mundo e por isso, se a nossa intensidade, se o nosso trabalho na pista não for o melhor, o Barcelona vai ser outro Benfica. Vamos estar muito dependentes do adversário, mas também dependentes de nós e do trabalho que realizamos durante a semana.”

“Não há fórmulas mágicas. É acreditar naquilo que fazemos todos os dias, acreditar no nosso trabalho, nos nossos colegas e no que fazemos diariamente. Temos sempre que olhar para o adversário, mas antes temos que olhar para nós. Se nós não estamos bem perante as melhores equipas do mundo, e em oito dias vamos a dois dos mais difíceis pavilhões do mundo, vamos sentir dificuldades.”

“A equipa tem que estar sempre por cima das individualidades. Só com a equipa bem aparecem as individualidades. No jogo com o Barcelona apareceu um lance individual do Gonçalo depois de 30 minutos defensivos espetaculares e de um controle do adversário muito grande. Quando há duas equipas com a qualidade das duas que se vão defrontar no fim de semana só podemos esperar que sejam as nossas individualidades a fazer a diferença.”

“Há oito dias se calhar estávamos aqui a pensar que já somos uma equipa com a maturidade suficiente para ganhar uma Liga dos Campeões. Pensar assim é um erro. Ganhámos ao Barcelona, mas não lhes ganhámos numa final do Champions. Estamos preparados para vencer o Barcelona num dia pontual, mas nós queremos ganhar campeonatos e taças e não vencer alguns jogos.”

“O nosso trabalho é encaixar em todos os adversários. Contra o Benfica também nos tínhamos encaixado bem até à última sexta-feira. Contra o Barcelona os jogos têm sido sempre muito fechados, mas abertos ou fechados esperamos que a nossa equipa esteja no seu nível, que já demonstrou que pode ser muito alto.”

Fonte | Foto – www.fcporto.pt

workshops para rodapé Noticias DepilaçãoaLinha