a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

“Um dérbi é sempre um ...

Sexta-feira , Dez 03 2021
9

Gonçalo Alves- “Queremos ...

Sexta-feira , Dez 03 2021
11

Paulo Freitas- “A equipa ...

Sexta-feira , Dez 03 2021
10

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
61489

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
29979

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
24253

FPP- Inter-Regiões ...

Sexta-feira , Mar 23 2018
998

Miguel Vieira (OCB)- ...

Sexta-feira , Out 07 2016
1993

Sub 15 Tiago Belchior é ...

Quinta-feira , Ago 10 2017
1409

5 Barbeiro Completo

Terronia

scp x candelaria 1 compressor

Candelária SC – Sporting CP 2-5

Pedro Gil personificou eficácia em primeira parte demolidora no regresso às vitórias fora de portas
Na deslocação à Ilha do Pico, a de maior distância em provas nacionais, o Sporting CP derrotou por 5-2 o Candelária, em partida referente à 16.ª jornada do Campeonato Nacional de hóquei em patins.
A equipa verde e branca entrou a todo o gás, procurando capitalizar os recentes triunfos caseiros sobre Reus (Liga Europeia) e Valongo (Campeonato Nacional), e cedo conseguiu uma vantagem substancial na disputa pelos três pontos. O espanhol Pedro Gil bisou (5 e 8 minutos) e o capitão João Pinto ampliou para 3-0, ainda ao minuto dez do encontro. O Candelária respondeu, aos 11', com tento de Alan Fernandes, mas o Sporting CP não permitiu veleidades e resolveu a partida no penúltimo minuto do primeiro tempo.
Pedro Gil celebrou o terceiro do jogo, e vigésimo no campeonato, graças a uma assistência de Ferran Font. Bola ao centro e os mesmos protagonistas... a inverterem papéis. Gil devolvia a Font o presente e o leão seguia para o intervalo com um confortável 5-1, em parcial marcado apenas por duas faltas cometidas para cada lado.
No segundo tempo aumentou a competitividade e o jogo parou muito mais vezes. O Sporting CP atingiu a nona falta, o Candelária a sétima, mas ficou por aí. Controlo do jogo e emocional, apenas um cartão azul (João Vieira do Candelária) e nada de livres directos ou penáltis. Aos 30 minutos, André Moreira ainda reduziu para 5-2, mas o marcador não mais se alterou, permitindo ao Sporting CP voltar aos triunfos forasteiros (depois de ter empatado em Valença do Minho).
O FC Porto venceu fora o Turquel (7-2) e a Oliveirense esteve perto de ceder pontos no recinto da Juventude Viana, mas Ricardo Barreiros acabou por fazer o 2-1 já no último minuto da partida. Assim, o Sporting CP permanece em quarto, a sete pontos da Oliveirense e Benfica (que joga domingo diante do Óquei de Barcelos) e a cinco do terceiro, FC Porto.

Fonte – www.sporting.pt

Foto- Modalidades SCP (Arquivo)

workshops para rodapé Noticias DepilaçãoaLinha