a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

CNF- Zona Sul- Turquel ...

Quinta-feira , Out 06 2022
14

CNF- Zona Centro- ...

Quinta-feira , Out 06 2022
7

Liga Placard- Resumo GRF ...

Quinta-feira , Out 06 2022
18

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
62510

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
31376

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
25404

3.ª Div. Norte: ACD ...

Quinta-feira , Out 15 2015
1818

Hoje há sorteio da Taça ...

Segunda-feira , Nov 17 2014
2907

Leões á procura de boa ...

Terça-feira , Fev 10 2015
1908

1 9 Cabeleireiro unissexo 3 Outubro

17506457 1899919180223071 239328409 n

Valença HC – FC Porto 1-4

FC Porto venceu o Valença por 4-1. Hélder Nunes esteve em destaque ao apontar três golos
O FC Porto Fidelidade venceu (4-1) na noite de sábado no pavilhão do Valença, no jogo da 18.ª jornada do Campeonato Nacional de hóquei em patins. No Municipal de Valença, um hat-trick de Hélder Nunes e um golo de Jorge Silva valeram os três pontos aos Dragões, que assim sobem, ainda que à condição, ao segundo posto da tabela, mantendo os dois pontos de desvantagem para a líder Oliveirense, que antes havia batido o Sporting de Tomar.
Na antevisão da partida o capitão Hélder Nunes deixou bem vincado o objetivo da equipa, que passava por conseguir adiantar-se no marcador o marcador o mais cedo possível, num terreno com medidas máximas, em que a equipa da casa poderia facilmente surpreender um Dragão com menos cautelas defensivas. E foi mesmo isso que se viu durante os primeiros 25 minutos. Um FC Porto agressivo e pressionante, a jogar muitas vezes perto da baliza adversária que teve no guardião Paulo Matos a sua unidade em destaque. Parou praticamente tudo, à exceção de um lance de génio de Hélder Nunes que terminou no fundo da baliza da equipa da casa. Foi o capitão o primeiro a dar o exemplo, pela 25.ª vez neste campeonato, inaugurando o marcador aos 11 minutos e carimbado o 8.º jogo consecutivo a festejar.
Mais animados do que os primeiros 25 minutos foi o reatar do encontro após o descanso. Isto porque decorridos seis minutos o argentino Guido Pellizari empatou uma partida que Hélder Nunes estava determinado em vencer. Tanto que não só desfez a igualdade 20 segundos depois, como alargou a vantagem seis minutos depois. E assim deu aos Dragões um vantagem tranquila e confortável de gerir, que Jorge Silva se encarregou de dilatar a cinco minutos do fim. A vitória portista não merece discussão, mas falta ainda uma palavra para o guardião Carles Grau, que, com um par de boas defesas, com destaque para o lance da 10.ª falta do Valença, foi determinante para que a equipa de Guillem Cabestany continue como melhor defesa da prova.
Os Dragões voltam agora a centrar atenções na Liga Europeia, tendo encontro marcado com o Reus no próximo sábado, numa deslocação à Catalunha para disputar a segunda mão dos quartos-de final da principal prova europeia. No Dragão Caixa verificou-se um empate a sete golos, estando por isso tudo em aberto para saber quem vai garantir uma vaga na final-four.

Pavilhão Municipal de Valença, Valença do Minho

Árbitros: José Pinto (Porto) e Paulo Almeida (Aveiro)

VALENÇA: Paulo Matos (g.r.), Guido Pellizari, Luís Viana, José Campos e Miguel Fernandes (cap.)
Jogaram ainda: Gil Vicente e José Braga
Treinador: Orlando Graça

FC PORTO: Carles Grau (g.r.), Hélder Nunes (cap.), Reinaldo Garcia, Rafa e Gonçalo Alves
Jogaram ainda: Telmo, Pinto, Jorge Silva, Vítor Hugo e Ton Baliu
Treinador: Guillem Cabestany

Ao intervalo: 0-1
Marcadores: Hélder Nunes (11m, 29m, 35m), Guido Pellizari (29m), Jorge Silva (45m)

workshops para rodapé Noticias ExtensãodeSobrancelha