a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Ângelo Girão- “Estamos ...

Sábado , Fev 27 2021
51

“Hat Trick” de Ângelo ...

Sábado , Fev 27 2021
85

Paulo Freitas- “Podíamos ...

Sábado , Fev 27 2021
57

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
60020

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
27955

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
22321

Benfica reforça ...

Quinta-feira , Jan 25 2018
920

AP Lisboa- Final a ...

Terça-feira , Mai 30 2017
1360

CI Sagres vence Torneio ...

Segunda-feira , Set 15 2014
2758

2 Barbeiro Março

18386787 1894982784047513 166237894 n

AD Sanjoanense – SC Tomar 6-7 (Golo de Ouro)

O SC Tomar chega pela segunda vez no seu historial às meias finais da Taça de Portugal, ao vencer a Sanjoanense em São João da Madeira por 7-6 em golo de Ouro, com “Joka” a ser o herói desta partida ao apontar o golo de ouro ainda na primeira parte do prolongamento.
Começou melhor o SC Tomar com Paulo Passos a inaugurar o marcador aos 8 minutos. Alex Mount empataria aos 11 com o resultado a não se alterar até ao intervalo.
Segunda parte de muitos golos e emoção até ao limite. Mas foi a equipa da casa a ganhar vantagem logo ao minuto inicial por João Oliveira , que motivou os “alvinegros” que depois de terem desperdiçado uma grande penalidade aumentariam para 3-1 com Chico Barreira a marcar de LD. A mandar no jogo ficava a ideia a Sanjoanense não deixaria fugir a vantagem mas a reacção dos leões ribatejanos acabou por acontecer.
David Costa reduz ainda no minuto 11 e Paulo Passos faz o empate aos 14. Com o SC Tomar empolgado aproveitou alguma descrença na equipa da casa fez a reviravolta no resultado nos minutos segundos.
João Alves faz o 4-3 para o SC Tomar aos 16 minutos e Paulo Passos no minuto seguinte aumentou para 5-3. O mesmo jogador leonino, mais uma vez numa tarde inspirada faz o 6-3 de grande penalidade aos 22 minutos. Agora eram os ribatejanso que sentiam a eliminatória na mão, mas o último minuto de jogo foi electrizante.
Depois de Manuel Domingues, o técnico leonino ter visto CA, foi a pressão final dos alvinegros com o “Caldeirão” autenticamente a ferver.
E o impensável aconteceu mesmo. Chico Barreira a 50 segundos do final do jogo reduz para 4-6 de LD e o mesmo jogador a 24 segundos faz o 5-6. Pavilhão ao rubro, a equipa leonina a defender como podia e quando se adivinhava a vitória do SC Tomar, Alex Mount ao soar do gong faz o empate. Foi o delírio nas bancadas afectas à Sanjoanense e o desespero nos apoiantes do SC Tomar que começavam a festejar.
Vem o prolongamento, com os ribatejanos a jogar ainda em inferioridade numérica, mas “Joka” acabado de entrar neste período ganha uma bola e quase do meio rinque setica uma “bomba” que só parou no fundo das redes do desamparado Marco Lopes.
Era agora o delírio no rinque com os jogadores leoninos a abraçarem-se e a festejar este feito perante uma equipa da Sanjoanense destroçada com o destino da partida.
Triunfo épico da formação tomarense que teve o “pássaro na mão”, deixou-o fugir, mas ainda foi a tempo de o agarrar para marcar lugar na final four desta edição da Taça de Portugal que se realizará nos dias 24 e 25 de Junho em local a designar, sabendo já de antemão que defrontará o vencedor do encontro entre a AE Física D e o Parede FC. A outra meia final será entre o SL Benfica e o FC Porto.
Em suma triunfo do SC Tomar num jogo onde a Sanjoanense também poderia ter vencido. Valeu a estrelinha que nesta tarde no “Caldeirão” em S. João da Madeira sorriu aos nabantinos.

Foto – António Anacleto

workshops para rodapé Noticias DepilaçãoaLinha