a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

“Carlitos” Silva assina ...

Sexta-feira , Mai 29 2020
71

Paulo Almeida- “Ainda ...

Sexta-feira , Mai 29 2020
75

Comunicado Conjunto das ...

Sexta-feira , Mai 29 2020
105

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
58772

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
26625

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
21232

Poiares recebe Torneio ...

Terça-feira , Dez 12 2017
792

Liga Europeia Feminina ...

Quinta-feira , Fev 16 2017
942

Sérgio Barbosa é reforço ...

Quarta-feira , Set 02 2015
1282

pluri unhas J

00001047

O FC Porto venceu por 3-7 frente ao SC Tomar e conquistou assim a 21.ª Supertaça do seu historial, com ambos os treinadores a analisarem as incidências no final do encontro. 

«Nuno Domingues: "Houve faltas, agressões sem bola por marcar"

"Não conseguimos ter bola como gostamos. Mas depois fomos superiores até um determinado ponto, só que quando quisemos subir não nos deixaram. Sem dizer que fomos prejudicados, fomos muito condicionados. Há faltas, agressões sem bola que não foram marcadas:"

Guillem Cabestany: "Era muito mais difícil do que podiam pensar"

"A primeira parte correu bem, com concentração. Na segunda, houve relaxamento, a pensar que estava meio feito. O Tomar demonstrou que é uma equipa bem trabalhada, com opções para criar perigo. Este jogo era multo mais difícil do que as pessoas podiam pensar."»

 Foto: FPP |Fonte: Jornal “O Jogo"

workshops para rodapé Noticias AutoManicura