a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

“A dificuldade era ...

Sábado , Nov 26 2022
5

Paulo Almeida- “A equipa ...

Sábado , Nov 26 2022
4

CNF- Dérbi de sentido ...

Sábado , Nov 26 2022
5

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
62734

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
31535

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
25581

3.ª D- Centro – “Poker” ...

Segunda-feira , Out 05 2015
1783

1.ª Div: Paço de Arcos ...

Segunda-feira , Mar 21 2016
1942

2.ª Norte- Académica ...

Terça-feira , Dez 15 2020
668

6 10Massagista Inícial

Supertaça Antonio Livramento Sporting de Tomar FC Porto 14 10 17 21 supertaça FC Porto Hoquei Gonçalo Alves 2

Dragões venceram o Turquel por 4-0 em jogo da quarta jornada do Campeonato. Gonçalo Alves assinou um “hat-trick”
O FC Porto Fidelidade continua invicto em 2017/18: a quinta vitória na temporada, a terceira no Campeonato Nacional, foi conquistada na noite deste sábado no Pavilhão Gimnodesportivo de Turquel (4-0). Gonçalo Alves assinou um “hat-trick” e Reinaldo Garcia marcou o outro golo dos campeões nacionais, que passam a somar nove pontos, menos três do que o grupo dos primeiros da classificação, mas também com menos um jogo disputado - a receção à Juventude de Viana foi adiada para 21 de novembro (20h30, Porto Canal).
Os Dragões chegavam à chamada “aldeia do hóquei” moralizados por um expressivo triunfo sobre o Vic (13-2) na estreia na Liga Europeia e também avisados para as dificuldades de se jogar num pavilhão que tem, por tradição, transformar-se no sexto jogador do emblema de Alcobaça. Na antevisão do encontro, Ton Baliu sublinhou a importância de a equipa entrar bem no jogo e de tentar chegar-se à frente no marcador o mais rápido possível. Foi precisamente isso que aconteceu, porque logo aos quatro minutos Gonçalo Alves marcava o primeiro golo - e que golo! - numa subline jogada individual.
Os campeões nacionais tiveram uma entrada forte, exercendo pressão sobre o adversário logo no momento da saída para o ataque. O Turquel sentiu algumas dificuldades iniciais, mas recompôs-se e foi respondendo com uma série de incursões perigosas no ataque, aproveitando algum espaço concedido pela defensiva azul e branca. E só não chegou ao empate,porque Carles Grau não deixou com quatro grandes defesas (uma delas num penálti e outra num livre direto) que permitiram ao FC Porto segurar a vantagem mínima ao intervalo.
O guarda-redes catalão foi um das figuras do jogo: foi mais uma brilhante intervenção que deu origem ao lance que terminaria com o “bis” de Gonçalo Alves. O relógio marcava o 32.º minuto, muito penalizador para os alcobacenses que voltaram a sofrer novo golo nesse mesmo minuto, graças a uma finalização superior de Reinaldo Garcia, e que no seguinte já se viam a perder por 4-0, apontado por Gonçalo Alves, na conclusão de uma jogada de laboratório. Em dois minutos, os Dragões ganhavam um conforto no resultado que lhe permitiu gerir o jogo até ao fim sem grandes sobressaltos e sair com os três pontos da “aldeia do hóquei”.
No fim, aos microfones do Porto Canal, Guillem Cabestany reconheceu que a partida teve duas partes claramente distintas: “Na primeira parte deixámo-nos levar um pouco pelo ambiente desta pista, que é forte e bonito, e não tiveram a cabeça fria para decidir melhor e o jogo foi um pouco confuso. Na segunda, estivemos mais tranquilos não nos deixámos levar pelo ambiente nem afetarmo-nos por algumas decisões da equipa de arbitragem. Na verdade, reentrámos muito bem no jogo, com uma grande intensidade, jogamos com sangue frio, conseguimos uma boa vantagem cedo e a partir daí o jogo foi muito mais fácil”.
No calendário segue-se a receção à Juventude de Viana, no Dragão Caixa, agendada para as 15h00 do próximo sábado e com transmissão em direto assegurada pelo Porto Canal.

FICHA DE JOGO

TURQUEL-FC PORTO FIDELIDADE, 0-4
Campeonato Nacional, 4.ª jornada
11 de novembro de 2017
Pavilhão Gimnodesportivo de Turquel

Árbitros:Luís Peixoto e João Duarte (Lisboa)

TURQUEL Marco Barros (g.r.), André Moreira, Vasco Luís (cap.), André Pimenta e Pedro Vaz
Jogaram ainda: Daniel Matias, Luís Silva, João Silva e Tiago Mateus
Treinador: Nuno Domingues


FC PORTO FIDELIDADE: Carles Grau (g.r.), Hélder Nunes (cap.), Reinaldo Garcia, Gonçalo Alves e Rafa
Jogaram ainda: Telmo Pinto, Ton Baliu, Jorge Silva e Álvaro Morais
Treinador: Guillem Cabestany

Ao intervalo: 0-1
Marcadores: Gonçalo Alves (3m, 32m, 33m) e Reinaldo Garcia (32m)
Disciplina: cartão azul a João Silva e Jorge Silva (23m)

Fonte – FC Porto

workshops para rodapé Noticias DepilaçãoaLinha