a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Reinaldo Garcia após o ...

Sábado , Jul 02 2022
27

Paulo Almeida- “Elas não ...

Sábado , Jul 02 2022
16

Águias garantem final ...

Sábado , Jul 02 2022
14

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
62097

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
30891

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
25044

LE- Derrota ao cair do ...

Domingo , Nov 18 2018
1048

CN Norte Sub20 Taça ...

Terça-feira , Mai 03 2016
1539

German Nacevich ...

Quarta-feira , Ago 05 2015
1696

massagista inicial

img 770x4332017 11 20 01 18 22 1335961

Pedro Nunes, treinador do SL Benfica tem uma (agradável) dor de cabeça quando olha para a baliza dos encarnados.

«O português Pedro Henriques e o espanhol Guillem Trabal, considerados dois dos melhores guarda-redes do Mundo, têm uma característica comum: defendem a baliza do Benfica. Pedro soma vários títulos nacionais e internacionais, tanto a nível da Seleção como de clubes – é atual campeão europeu ao serviço do Reus – , enquanto Trabal regista na sua carreira vários títulos europeus e mundiais pela seleção de Espanha e nacionais pelas águias.
Decorridas que estão cinco jornadas do Campeonato Nacional e uma ronda da Liga Europeia, verifica-se que Pedro Henriques tem sido o guarda-redes mais escolhido para o campeonato, enquanto o seu companheiro de baliza mereceu a confiança do técnico apenas uma vez no Nacional e outra na prova europeia [ver quadro].
Com dois guarda-redes desta qualidade, e com um histórico tão rico na modalidade, como é que o treinador Pedro Nunes gere esta situação, que decerto lhe provocará (agradáveis) dores de cabeça? "Sorte de um treinador que tem o melhor guarda-redes espanhol e provavelmente o melhor português. Qualquer um deles me dá garantias em qualquer momento. Em duas semanas o Benfica realizou quatro jogos, com cada um deles a participar em dois", começou por nos adiantar Pedro Nunes.
Em relação à forma como gere a situação, o treinador benfiquista é perentório: "Não é uma gestão para agradar, mas sim uma gestão inteligente de um treinador que sabe que de forma alguma e em nenhum momento da época pode pensar que só tem um guarda-redes, ainda para mais quando estamos a falar de dois jogadores de elevada qualidade naquela posição", admitiu o técnico do Benfica, que acabou por justificar a opção pelo internacional português. "É público e notório que o Pedro entrou muito bem esta época e por isso apostei inicialmente nele. Mas o Guillem oferece-me total garantia", assegura Pedro Nunes.»

Foto|fonte: Jornal "Record" - Autor: Vítor Ventura

workshops para rodapé Noticias DepilaçãoaLinha