a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

2.ª D- Norte- Marinhense ...

Segunda-feira , Jan 20 2020
72

HCP Grândola conquista ...

Segunda-feira , Jan 20 2020
83

2.ª D- SC Tomar passa ...

Segunda-feira , Jan 20 2020
86

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
58033

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
25921

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
20655

GOLDEN CUP 2018 começa ...

Terça-feira , Out 02 2018
1310

3.ª D- Sul- Vasco da ...

Quinta-feira , Fev 01 2018
917

2.ª D- Sul- “Jofi” com ...

Domingo , Fev 21 2016
1361

interioresPOUPA BARB J

P1013596

SC Tomar – HC Braga 4-3

Jogo de nervos com qualquer das equipas a poder vencer, mas seriam os nabantinos a conseguir o golo que ditou a vitória a acontecer já nos segundos finais do encontro, que garantiram mais três pontos para os ribatejanos.
Partida equilibrada com os guarda redes a mostrarem-se à altura dos acontecimentos.
Numa fase onde as defesas se sobrepunham aos avançados foi o Braga a ganhar vantagem na marcação de um LD após Diogo Alves ter visto um Azul por jogo perigoso. Gonçalo Suissas não conseguiu desfeitear o guardião leonino mas ainda na fase de power play a equipa minhota acabaria mesmo por inaugurar o marcador pelo camisola 17.
O jogo manteve-se vivo e seria “Joka” numa jogada individual a chegar ao empate, faltavam então 4 minutos para o intervalo. Ainda tempo de o SC Tomar desperdiçar um LD (10.ª falta do HC Braga), por intermédio de Hernâni Diniz.
Esperava-se um jogo intenso na segunda parte e isso acabou mesmo por acontecer. Gonçalo Suissas logo aos três minutos e de grande penalidade voltou a colocar a equipa bracarense em vantagem.
Reacção dos nabantinos com Lomba a empatar aos 9 minutos. Fase de maior assédio dos leões á baliza de Veludo e João Sardo aos 13 minutos tem oportunidade de colocar o SC Tomar em vantagem, mas não consegue converter o LD que a sua equipa dispôs após um CA mostrado a “Bekas”.
Seria “Joka” a colocar a equipa ribatejana pela primeira vez no jogo, em vantagem, aos 13 minutos. A formação minhota a mostrar dificuldades no último reduto para travar o maior assédio atacante dos tomarenses voltou a sofrer uma falta passível de LD (depois de Márcio Rodrigues ter visto Azul), mas mais uma vez Veludo a não dar chances aos avançados tomarenses.
Com o SC Tomar por cima é Gonçalo Suissas que volta a gelar o Municipa em Tomar ao fazer o empate a 3 bolas aos 21 minutos.
Parte final do jogo de nervos em franja e sobressaltos para as duas balizas, com o Braga a dispor de situações privilegiadas para marcar, mas seria o SC Tomar a fazer o 4-3 a33 segundos do final, numa jogada de insistência de Lomba, que fez explodir o Pavilhão Tomarense. Ainda tempo de o SC Tomar poder aumentar o score mas “Xanoca” a desperdiçar um LD (15.ª falta do HC Braga).
Triunfo que se aceita por parte do SC Tomar, em particular pela segunda parte que a equipa nabantina realizou, mostrando-se mais acutilante, perante um Braga que vendeu cara a derrota, num jogo onde se assistiram a demasiadas quezílias, com a dupla de arbitragem a mostrar, em algumas situações rigor em demasia e noutras a deixar-se “enrolar” pela “matreirice” dos intervenientes.

workshops para rodapé Noticias VernizGel