pa grandola 12jorn david veiga 600

CD Paço Arcos – HCP Grândola 3-3

Na única partida referente à12.ª jornada do nacional da 1.ª divisão o Grândola foi ao “Casablanca” impor um empate ao Paço de Arcos a 3 bolas, somando o primeiro ponto fora de portas nesta estreia no principal campeonato de HP.
A equipa da linha era favorita neste encontro e até conseguiu, cedo, inaugurar o marcador por Gonçalo Nunes, corria o minuto sete. Mas a resposta da formação forasteira foi célere já que no minuto seguinte “Tanaka” empatou a partida. Com mais posse de bola da equipa da casa, esta não conseguia furar a defesa da equipa de Grândola, chegando à vantagem já ao minuto vinte, de LD após um azul mostrado a Rúben Silva. Gonçalo Nunes, chamado a converter não falhou na cara de “Tiago Pereira” fazendo o 2-1 para o Paço de Arcos.
Veio a segunda parte e quando André Centeno fez o 3-1 aos 6 minutos pensou-se que de uma forma ou outra a equipa de Luís Duarte segurasse essa vantagem e garantisse o triunfo.
Mas isso acabaria por não suceder. José Gonçalves pouco depois desperdiçou um LD após a 10.ª falta do Paço de Arcos e quando Gonçalo Nunes vê Azul, corria o minuto 13, Rúben Silva na marcação de uma GP reduz para 3-2.
Voltou a incerteza ao “Casablanca” e quase de seguida é Tiago Losna que vê um vermelho, mas Filipe Bernardino desperdiça o LD.
Jogo com oportunidades para os dois lados e é Rui Pereira que falha a oportunidade de aumentar a vantagem para o PA na marcação de um LD a penalizar a 10.ª Falta do HCP Grândola e e novamente o PA a não conseguir marcar de bola parada, corria o minuto 21 quando Gonçalo Nunes falha um LD após um CA mostrado a António Pereira.
Seria no ultimo minuto da partida que tudo se decidiu. Depois de mais uma bola parada falhada, desta feita por “Rúben Silva (15.ª falta do CDPA) foi José Bernardo “Tanaka” a fazer o 3-3, resultado que acabou por selar este encontro.
O Paço de Arcos depois da vitória no recinto do Infante de Sagres, tinha aqui oportunidade de somar a sua terceira vitória terceira vitória, mas encontrou um Grândola de “fato macaco” e que não enjeitou a oportunidade de somar pontos em casa alheia.

Foto- David Veiga / www.hoqueipatins.pt 

workshops para rodapé Noticias ExtensãodeSobrancelha