a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Nelson Mateus vai falar ...

Sexta-feira , Abr 16 2021
76

Vasco da Gama abdica de ...

Sexta-feira , Abr 16 2021
172

Retoma da Atividade ...

Sexta-feira , Abr 16 2021
72

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
60160

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
28142

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
22511

J. Viana sai da WS ...

Domingo , Jan 19 2020
530

Nove Jogos para Edo Boch

Sexta-feira , Nov 21 2014
1872

HA Cambra recebe Lavra ...

Quarta-feira , Jan 14 2015
2059

3 Massagista Essencial 2

JC01

Espanha e Portugal, as actuais campeãs do Mundo e da Europa vão encontrar-se no Riazor (Corunha) a 30 de Junho próximo, a cerca de 15 dias para o arranque do Europeu de Selecções onde ambas partem como principais favoritas ao título.
Este confronto ibérico deve-se a Enrique Garcia Raposo, antigo Presidente das Federações Galega e Espanhola e uma das figuras proeminentes do Hóquei ibérico, que faleceu no passado verão, numa homenagem de quem lidou de perto com este dirigente, que seja à altura do seu legado desportivo.
depois de nos termos refeito do choque que foi a morte deste dirigente, pensamos o que deveríamos fazer e estamos convictos que o melhor era conseguir um jogo entre estas duas potências da modalidade e sobre tudo, encher o Palácio dos Desportos do Riazor”, afirma Ignacio González, que junto a Carlos García Raposo, Daniel Echeverría, Julio Sáez, Enrique Urdiales, Amador Alén, Ángel Manteagudo, Miguel Cabarcos, José Méndez e de Paulo Matias (antigo Presidente da AP Minho) que para além desta iniciativa não descartam outras iniciativas ao longo dos próximos meses.
A ideia no entanto está em estado embrionário, mas tanto a Federação Espanhola como a Portuguesa já confirmaram por escrito que marcarão presença com o Ajuntamento da Corunha a disponibilizar o Riazor para o efeito.
Quero agradecer a vontade de todos para que isto seja uma realidade. Havia muitos entraves por causa dos calendários, mas tudo foi superado, muito por culpa da grande consideração que havia tanto em Espanha como em Portugal, por Enrique García Raposo”, comenta Gonzalez, que foi o seu Vice na Federação Galega e é o actual vice-presidente tanto da Federação Espanhola como da CERS.
Enrique García Raposo foi Presidente do Dominicos e despois deu o salto para a Federação Galega de Patinagem onde esteve à frentes dos seus desígnios quase 30 anos, até que abandonou o cargo em 2014. Foi também o máximo dirigente das FES durante onze meses.

Fonte - laopinioncoruna.es

workshops para rodapé Noticias AutoEpilação