a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

AP Aveiro organiza Curso ...

Quinta-feira , Fev 25 2021
24

Ferran Font- “o nosso ...

Quinta-feira , Fev 25 2021
86

Reinaldo Garcia- “Vai ...

Quinta-feira , Fev 25 2021
79

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
60017

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
27949

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
22315

Agenda e Nomeações de 21 ...

Quarta-feira , Out 18 2017
1428

Taça das Nações ...

Quinta-feira , Abr 02 2015
1376

Camp. Nac. Fem. 6.ª Jor: ...

Segunda-feira , Mai 01 2017
1515

2 Barbeiro

pnunes4 new

A equipa de hóquei em patins do Benfica desloca-se até ao distrito de Santarém para defrontar o SC Tomar às 15h00 de sábado, dia 27, numa partida referente à 14.ª Jornada do Campeonato Nacional.
O treinador Pedro Nunes reconhece que os adversários estão a atravessar uma boa fase, mas assinala que o Benfica está igualmente motivado e determinado a vencer.
"O Tomar atravessa um momento muito bom, os seus jogadores estão altamente motivados pela passagem aos quartos de final da Taça CERS. É uma equipa que dá indícios de que está mais forte do que estava no início do Campeonato", considerou o técnico na antevisão à BTV.
"O Benfica também está motivado, mas, como costumo dizer, um jogo tem uma história de cinquenta minutos e é o momento que faz essa história. Portanto, tem de ser um Benfica forte, competente, numa pista de dimensões máximas, que nos obriga a ser mais intensos do que habitualmente somos e um Benfica a respeitar o adversário, que tem muito valor", sublinhou.
O treinador principal da equipa encarnada de hóquei em patins afirma que encara um jogo de cada vez, mas com o mesmo com rigor, seriedade e ambição.
"Há que encarar todos os jogos com rigor, com seriedade e com uma ambição de conquistar os três pontos. Sabemos que há umas saídas mais complicadas que outras, há jogos em casa mais complicados que outros, mas eu acho que não devemos, em momento algum, diferenciar adversários. Devemos olhar para todos eles da mesma forma, séria, responsável e com muita desconfiança", reforçou.
"É sempre melhor estar em primeiro lugar do que em segundo, e assim sucessivamente. Estamos felizes, mas não estamos realizados, porque temos é de estar realizados no final. Não vamos antecipar etapas, temos de olhar para cada jornada com a perspetiva dos três pontos, porque, se assim o fizermos, no final chegamos mesmo à frente, que é isso que todos nós queremos", enfatizou.

Fonte/ Foto- SL Benfica * Texto: Márcia Dores

workshops para rodapé Noticias NailArt