a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Portugal vence França e ...

Sábado , Set 24 2022
11

Ricardo Ares- “Éramos ...

Sábado , Set 24 2022
4

Triunfo difícil mas ...

Sábado , Set 24 2022
6

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
62375

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
31267

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
25368

Camp. Nac. Norte – 2.ª ...

Segunda-feira , Mai 25 2015
1611

Já há Selecção de Aveiro ...

Quinta-feira , Jan 03 2019
1248

CE Feminino- Vitória ...

Sexta-feira , Out 12 2018
1222

Nail Art Nível I 19 Setembro

imgS620I217580T20180327104034

«Tem 15 anos, é um adolescente que frequenta o 10.º ano de escolaridade na área de ciências tecnológicas e no último fim de semana viveu um dia que jamais esquecerá. Falamos de Lucas Ferreira, guarda-redes que com tenra idade fez a sua estreia no campeonato nacional da primeira divisão.

O Infante Sagres x HC Turquel vai ficar para sempre na memória de Lucas Ferreira. Habituado a jogar pelas equipas de juvenis e de juniores, o guardião de apenas 15 anos foi convocado inesperadamente para o jogo referente à 19.ª jornada. Samuel Santos, um dos guarda-redes do plantel sénior, não foi a jogo devido ao falecimento do pai e o treinador Nélson Lourenço recorreu ao jovem formado no HC Turquel.

«Foi a minha primeira chamada aos seniores. Soube disso num treino e claro que fiquei muito feliz por estrear-me na primeira divisão e, claro, por poder ajudar o meu clube», afirmou, ao zerozero.pt, Lucas Ferreira.

O jovem guarda-redes não contava sair do banco de suplentes frente ao Infante Sagres, mas Marco Barros, guardião titular, viu o cartão azul e a estreia aconteceu mesmo na sua primeira chamada ao plantel sénior.

«Tenho apenas 15 anos e por isso é claro que não esperava nada que fosse entrar. Quando o meu colega viu o cartão azul fiquei muito nervoso. Não é normal ficar nervoso quando jogo mas naquela situação era impossível não ficar, pois era a minha estreia nos seniores e não podia desapontar os meus colegas. Antes de entrar, o treinador falou comigo e disse-me para ter calma e simplesmente para fazer o que sei», contou.

E assim foi. Lucas Ferreira entrou para dentro de rinque e para abrilhantar um dia inesquecível defendeu uma grande penalidade, contribuindo para a vitória por 3x5 e para a consequente conquista dos três pontos. «Fiquei muito feliz por termos conseguido a vitória e por ter defendido o penálti. Os meus colegas deram-me os parabéns pela estreia e por essa defesa. Sinto-me realizado e muito feliz por poder jogar na primeira divisão tão jovem», confessou.

Mas apesar dos 15 anos, Lucas Ferreira, chamado já por duas vezes à seleção distrital da Associação de Patinagem de Leiria e também para um estágio da seleção nacional no escalão de sub-17, garante ter os pés bem assentes no chão.

«Prefiro viver o presente e desfrutá-lo da melhor maneira. Não quero pensar no futuro para não criar ilusões», terminou, apostado em defender da melhor maneira a baliza do HC Turquel, clube no qual nasceu para o hóquei em patins, seja em que escalão for.»

Foto|Fonte: Zerozero.pt