a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Leões perdulários, ...

Sábado , Nov 28 2020
30

OC Barcelos derrota HC ...

Sábado , Nov 28 2020
32

Argentinos Platero e ...

Sábado , Nov 28 2020
43

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
59647

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
27536

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
21944

CERH oficializa horários ...

Sábado , Abr 09 2016
1086

TN Sub-20- Zona Sul- ...

Sexta-feira , Jul 08 2016
1328

Rui Neto poderá estar a ...

Terça-feira , Mar 03 2020
567

Pluriform PP1

2.ª Divisão Nacional

<O Riba D'Ave continua a segurar a liderança na zona norte da segunda divisão, embora continue a contar com a perseguição da AD Sanjoanense. Os dois emblemas mantêm-se separados por quatro pontos, após terem ganho os respetivos jogos referentes à 24.ª jornada do campeonato.

A jogar em casa, o Riba D'Ave venceu a Académica por 5x3. Três dos cinco golos foram assinados por Hugo Azevedo, treinador-jogador, tendo os restantes sido apontados por Daniel Pinheiro e Raúl Meca. Sendo assim, de nada valeu à turma de Coimbra, quarta classificada, os tentos marcados por Alexandre Santos, que bisou, e Fábio Vieira.

Com este triunfo, o terceiro consecutivo para o campeonato, o Riba D'Ave é primeiro classificado com 56 pontos, mais quatro que a AD Sanjoanense, que tem menos uma partida disputada e este sábado venceu o Famalicense por 2x6.

Numa partida em que o vitória do conjunto de São João da Madeira nunca esteve em causa, como evidencia o marcador de 0x4 ao intervalo, os golos dos forasteiros foram marcados por José Almeida, Pedro Cerqueira, Alexander Mount, Bruno Moreira, que bisou, e Tiago Almeida. Já para o Famalicense, oitavo classificado, marcaram Tiago Pimenta e Tiago Azevedo.

Desta forma, a AD Sanjoanense continua na perseguição ao primeiro lugar, que garante a promoção direta à primeira divisão, estando a quatro pontos do Riba D'Ave, mas também com menos uma partida disputada, pelo que poderá, em caso de triunfo no jogo em atraso, reduzir a diferença pontual para apenas um ponto.

No que diz respeito à luta pela permanência, o HC Marco, que ocupa o primeiro lugar abaixo da linha de água, continua a batalhar pela manutenção, tendo ganho ao HC Fão, penúltimo classificado, por 6x3. Nesta altura, a turma de Marco de Canaveses está a quatro pontos do Limianos, primeira equipa acima da zona de despromoção, que venceu o ADJ Vila Praia, último classificado, por 2x5.

Assim, quando faltam seis rondas para o término do campeonato, as equipas que estão em zona de descida são o HC Marco, Gulpilhares, que perdeu em casa com o CH Carvalhos por 5x6, HC Fão e ADJ Vila Praia.

O Benfica B, líder da zona sul da segunda divisão, venceu o Oeiras por 5x4 e relegou o adversário deste sábado para o terceiro lugar por trocar com o Marinhense, que derrotou o Marítimo SC por 10x4 e subiu ao segundo posto, que neste caso dá acesso direto à primeira divisão devido à impossibilidade dos encarnados poderem subir de escalão.

A jogar em casa, o Benfica B recebeu e derrotou o Oeiras por 5x4, tendo o golo da vitória dos encarnados surgido a três segundos do término do encontro por intermédio de João Maló, que apontou três dos cinco tentos das águias. Os restantes tiveram a assinatura de Hugo Santos e Paulo Duro.

Por sua vez, o Oeiras, cujo final dramático relegou-o para o terceiro lugar por troca com o Marinhense, faturou por intermédio de Paulo Jesus, Tomás Moreira, Miguel Catarino e Diogo Alves.

Com este resultado, o Benfica mantém-se como líder com 47 pontos, enquanto o Oeiras é terceiro classificado com 43 pontos, estando em posição de disputar a liguilha de promoção com o segundo classificado da segunda divisão – zona norte.

Quem aproveitou o desaire do Oeiras frente ao Benfica B foi o Marinhense, que recebeu e venceu o Marítimo SC por 10x4. Filipe Vaz apontou quatro golos do conjunto da Marinha Grande, tendo David Costa, Dário Santo, com um bis, Orlando Fernandes, também com um bis, e Pedro Coelho igualmente inscrito o nome na lista de marcadores. A favor dos madeirenses marcaram Júlio Soares, com um hat-trick, e Alexandre Resendes.

O Marinhense, orientado por Tiago Sousa, é segundo classificado com 45 pontos, mais dois que o Oeiras, adversário que ultrapassou na 20.ª jornada devido à conjugação de resultados dos dois conjuntos.

No que diz respeito à luta pela permanência, as três equipas que ocupam nesta altura a zona de despromoção são o Candelária, que empatou com o HC Tigres 1x1, o CD Boliqueime, que foi derrotado pela AJ Salesiana por 3x9, e o Alcobacense, que perdeu contra o HC Sintra por 4x0.>

Resultados e Classificação

Fonte: Zerozero.pt