a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

FPP- Nomeações para 5 de ...

Terça-feira , Out 04 2022
23

“É uma partida onde ...

Terça-feira , Out 04 2022
11

“Jogamos em casa, com os ...

Terça-feira , Out 04 2022
8

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
62492

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
31369

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
25398

Diogo Amorim reforça ...

Sexta-feira , Jul 17 2015
1717

José Trindade: "Vamos a ...

Sábado , Nov 26 2016
1697

Taça APL- Antevisões da ...

Sexta-feira , Mai 15 2015
1863

1 9 Cabeleireiro unissexo 3 Outubro

IMG 0099

Na estreia do nacional de juniores, fase de apuramento de campeão, o OC Barcelos recebeu o Benfica ( atual campeão ), sendo goleado por 10-2.
Depois de uma primeira parte equilibrada, o Benfica na segunda parte foi mais eficaz e aproveitou quase todas as oportunidades para marcar, perante um OC Barcelos que defensivamente deu muitos erros.
A formação do Benfica abriu o marcador aos 4' por João Maló que aproveitou da melhor forma o espaço à entrada da área perante total desatenção defensiva do OC Barcelos
Na resposta Henrique Campos em contra ataque podia ter empatado mas o remate bateu no poste e a seguir Pedro Freitas atirou à barra.
Quem não marca arrisca-se a sofrer e de meia distancia novamente João Maló aos 10' fez 2-0 e aos 12' Filipe Fernandes ampliou para 3-0.
O OC Barcelos não baixou os braços e reagiu ainda na primeira parte reduzindo para 2-3 por Henrique Campos aos 12' e Pedro Silva aos 19', relançando a partida para a segunda parte.
Pelo meio Bruno Guia defendeu uma grande penalidade de Hugo Santos.
Na segunda parte o Benfica voltou a aproveitar os erros da defesa do OC Barcelos para chegar ao 7-2 por Hugo Santos (2), João Maló e Paulo Duro.
Com cinco golos de vantagem no marcador, o Benfica não abrandou o ritmo de jogo, obrigando o guarda redes Bruno Guia a grandes defesas.
Depois surgiram os lances de bola parada, com Pedro Silva a falhar um livre direto e Hugo Santos a aproveitar uma recarga a uma grande penalidade para aumentar para 8-2.
O mesmo jogador aos 19' aumentou para 9-2, tendo no ultimo minuto Diogo David feito o 10-2 final a favor do Benfica.
Um triunfo justo e eficaz do Benfica perante um Barcelos que lutou para os erros defensivos acabaram por ser determinantes nos golos do seu adversário.

foto: AL