a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Conheça a equpa B do HC ...

Segunda-feira , Set 21 2020
155

Nuno Pinto- “Estou ...

Domingo , Set 20 2020
76

Sporting CP vence ...

Domingo , Set 20 2020
356

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
59438

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
27284

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
21704

Evricup 2016 – Trieste

Quarta-feira , Jun 08 2016
1495

Fão e Povoa empatam

Domingo , Jan 14 2018
675

FPP encoraja Associações ...

Sexta-feira , Fev 17 2017
1179

PP3

JorgeCorreiaJuvViana

<Na 24ª jornada do campeonato nacional da 1ª divisão, a Juventude de Viana desloca-se a Valongo, este Sábado, às 18h30.

Depois de renovar por mais uma época com o guardião Jorge Correia, foi o próprio que assumiu que a equipa de Viana vai lutar pela vitória, diante de um Valongo que tem causado dissabores até aos grandes. "Para isso teremos de estar ao nosso melhor nível, muito à imagem do jogo que fizemos em Oliveira de Azemeis. Fortes e concentrados até ao final. Só esperamos é que não sejam fatores externos a decidir o jogo".

Em caso de vitória a Juventude de Viana tem até a oportunidade de se aproximar deste adversário direto. O Valongo é 5º classificado, com 41 pontos, e a Juventude de Viana é 6ª com 36 pontos. "O Valongo é uma equipa que joga com muita intensidade e que tem em casa um apoio muito forte dos seus adeptos. Penso que serão essas as nossas maiores dificuldades, teremos de contrariar a pressão alta do Valongo, abstrairmo-nos do seu público e concentrarmo-nos no nosso jogo".

Face à exigência da partida, o guarda redes explica: "como em qualquer jogo, analisamos os pontos fortes das equipas e os pontos menos bons e tentamos, dentro do nosso tipo de jogo, estabelecer uma estratégia que nos permita tirar vantagens no jogo, quer defensivamente como ofensivamente".

Já como armas da equipa de Viana salienta "a nossa experiência e o nosso modelo de jogo são as nossas maiores valias". De facto, "depois de tudo o que tem acontecido esta época, já realizamos jogos de muito bom nível. Por isso temos de acreditar que este Sábado também será possível".

Correia é, pessoalmente, um exemplo de uma época bem conseguida, com boas exibições e que também ajudaram a equipa, mesmo na fase negativa. No entanto fica a sensação de que a Juventude poderia ter chegado mais longe e, também por isso, quer encerrar a época com vitórias.

"Todos estamos neste clube para dar o nosso melhor em prol da equipa e dos seus objectivos. Obviamente que ficamos satisfeitos quando isso acontece, ainda para mais com a responsabilidade acrescida de ser capitão de uma grande equipa, mas no fim de contas tudo se resume à prestação do coletivo e à respectiva conquista dos objectivos traçados no início da época. Relativamente a esta temporada, de facto tem sido uma época absolutamente atípica, onde a lesão do André foi de longe o momento mais dramático que passamos, mas a onda de lesões e a falta de jogadores para treinar em vários treinos desta época, foi algo que nunca me tinha acontecido enquanto jogador sénior de hóquei em patins. Depois de tudo isto ainda tivemos a mudança da equipa técnica… Enfim, aconteceu-nos de tudo um pouco, infelizmente. Obviamente que estas situações não nos permitiram alcançar alguns objetivos que tínhamos traçado no início da época, nomeadamente na taça de Portugal e na CERS, mas esperamos ainda ter um fim de época positivo. Para isso temos ainda três finais para disputar".

#SomosJuve>

Foto±fonte: Juv. Viana