a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Nuno Lopes- ...

Domingo , Mai 15 2022
45

João Pinto lança final- ...

Domingo , Mai 15 2022
29

Trissino junta-se ao ...

Domingo , Mai 15 2022
20

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
61954

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
30668

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
24884

Orlando Fernandes ...

Domingo , Jul 15 2018
1648

Tiago Pimenta: “Temos os ...

Sexta-feira , Mar 04 2016
2234

3.ª D- Centro – ...

Segunda-feira , Abr 18 2016
2071

ventosaterapia

João Pinto hóquei

O Sporting CP viu-se e desejou-se para vencer a sua filial n.º 1, o SC Tomar, com o resultado final a cifrar-se em 1-0 para a equipa campeã nacional, valendo o golo de João Pinto ainda no primeiro tempo.
Partida onde os guarda redes foram os que estiveram em maior evidência, em particular Diogo Fernandes, que apenas não adivinhou a seticada de João Pinto. No resto, esteve enorme, uma autêntica muralha, e não foi pelo camisola 47 dos ribatejanos, que a equipa perdeu.
Partida onde as equipas se encaixaram, e embora fosse a equipa lisboeta a que mais posse de bola teve, também teve dificuldades em conseguir ultrapassar a defesa tomarense.
Já na etapa complementar Ferran Font desperdiçou um LD após um Azul mostrado a Ivo Silva e a surpresa poderia mesmo ter acontecido nos segundos finais, quando João Candeias dispôs de um LD (Azul mostrado a Ferran Font) que poderia ter dado o empate aos leões ribatejanos.
Seria o prémio pela labuta e entrega que mostraram na partida.
Mas no fim valeu, e não foi pouco, o golo do capitão leonino, e o que fica na história futura são os três pontos averbados pelo Sporting CP, que com este resultado sobe ao 3.º lugar, a par do SL Benfica, ambas com 7 pontos.