a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Marinhense soma terceiro ...

Domingo , Dez 05 2021
12

Paulo Pereira- “Nunca vi ...

Domingo , Dez 05 2021
20

No Dérbi do Minho o ...

Domingo , Dez 05 2021
13

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
61504

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
29994

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
24270

Artur Pereira – “temos ...

Sexta-feira , Set 04 2015
1570

Oliveirense impõem ...

Domingo , Jan 17 2021
358

2.ª D- Marinhense dá ...

Domingo , Abr 29 2018
3027

5 Barbeiro Completo

Terronia

46522708 10156737734018490 1483423627490623488 n

Um “hat trick” de Vasco Luís, e um Diogo Almeida em grande plano, foram a chave do triunfo do Turquel sobre o Oeiras por 5-1, em jogo realizado no Pavilhão do Clube da “Aldeia do Hóquei”.
Depois de quatro derrotas consecutivas, a formação alvinegra recebia uma equipa do seu campeonato e a obrigatoriedade de vencer era enorme.
Mas foi o Oeiras a dispor da primeira grande oportunidade quando “Tato” Ferrucio desperdiçou um LD após exclusão de Vasco Luís com Azul.
Pedro Batista dois minutos depois também teve oportunidade de inaugura o marcador, mas não conseguiria dar o melhor seguimento ao LD que o Turquel teve a seu favor.
Seria André Moreira aos 15 minutos a fazer a primeira explosão de alegria no Pavilhão. O Oeiras disporia de uma GP, à passagem dos 19 minutos mas Diogo Neves a não conseguir enganar Diogo Almeida. E quem não marca arrisca-se a sofrer, e foi o que aconteceu ao conjunto de Miguel Dantas que viu Vasco Luís bisar nos últimos minutos do primeiro tempo, colocando o placard em 3-0.
A equipa de Turquel veio para o segundo tempo mais tranquila, e Pedro Batista aos sete minutos elevaria para 4-0.
A controlar o jogo e as incidências do mesmo, ainda assim viu Gonçalo Conceição reduzir aos 13 minutos. E só não se encostaram no marcador porque Ferrucio voltaria a não conseguir enganar o guardião da cas, na marcação de um LD.
E foi Vasco Luís a selar o resultado do encontro, à passagem dos 21 minutos numa recarga após um LD a assinalar a 10.ª falta da formação da linha.
Triunfo que se ajusta ao que se passou dentro de ringue numa partida nem sempre bem jogada, mas que valeu pela entrega dos jogadores durante os cinquenta minutos do encontro.

Foto- HC Turquel