a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Alejandro Domínguez- ...

Domingo , Fev 28 2021
121

Homenagem a Quintana ...

Domingo , Fev 28 2021
252

AD Valongo de volta aos ...

Domingo , Fev 28 2021
56

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
60022

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
27956

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
22323

Francisco Silva e Renato ...

Quinta-feira , Jul 14 2016
2010

Ação de Formação: "HP ...

Quarta-feira , Jun 07 2017
2095

1.ª Div: OC Barcelos ...

Sábado , Mai 28 2016
1408

2 Barbeiro Março

56816016 2209901235757081 130008398056914944 n

O Benfica recebe e venceu na Luz, a Juventude de Viana por 7-4, em partida dos quartos de final da Taça de Portugal.
Destaque para os quatro golos de Jordi Adroher que assim colocam o Benfica na final four da prova.

Em duelo de equipas da primeira divisão, a partida foi muito animada, com o Benfica a sentir dificuldades para superar o atrevimento da formação de Viana do Castelo.
Numa toada de " marcas tu, marco eu ", a marcha do resultado começou aos 5' com Miguel Vieira a dar vantagem ao Benfica.
No minuto a seguir Gonçalo Suissas empatou, mas aos 9' Jordi Adroher voltou colocar o Benfica na frente do marcador.
De grande penalidade aos 11' Luís Viana fez novo empate, agora a duas bolas, tendo em igual lance aos 12' a turma encarnada feito o 3-2 por Carlos Nicolia.
Volvidos dois minutos, novo golo do Benfica, o 4-2 por Jordi Adroher que aos 21' elevou para 5-2, estabelecendo o resultado ao intervalo.
Na segunda parte, a Juventude de Viana reduziu logo nos primeiros segundos por Tó Silva para 5-3, mas o sexto golo do Benfica aos 2' por Diogo Rafael, voltou a complicar a vida aos vianenses.
No entanto a Juventude de Viana nao acusou o golo e aos 5' Francisco Silva fez o 6-4.
Aos 16' Luis Viana podia ter feito o quinto golo da Juventude mas desperdiçou uma grande penalidade.
O Benfica depois de Diogo Rafael ter visto o cartão vermelho aos 18', voltou a marcar e com menos um jogador por Jordi Adroher aos 21', fazendo o 7-4.
O marcador ate ao fim não sofreu mais alteração, apesar de a Juventude de Viana ter arriscado muito.
Um triunfo algo desnivelado, mas a diferença no aproveitamento das oportunidades de golo criadas, foi decisivo.
Mais eficaz acabou por ser o Benfica.

Foto: Juventude de Viana ( facebook )

Plurivalor IEmocional