a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

3ª divisão - HC Fão soma ...

Domingo , Out 25 2020
8

Famalicense goleia Riba ...

Domingo , Out 25 2020
9

CNF- Leoas com mão cheia ...

Domingo , Out 25 2020
9

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
59532

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
27423

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
21832

Zé Pedro Rocha reforça ...

Quarta-feira , Set 14 2016
1659

Académica de Luanda ...

Quinta-feira , Out 29 2015
1355

Sergi Ortiz reforça o ...

Segunda-feira , Jul 22 2019
902

Pluriform PP1

61419333 2244228922324312 4719448783698526208 o

O SC Tomar empatou a 5 bolas frente à Juventude Viana em jogo a contar para a última jornada do nacional da 1.ª divisão.
Partida entre dois emblemas com as contas resolvidas, mas ambas a tentarem terminar a época com um triunfo por motivos diferentes. O SC Tomar queira despedir-se do seu público com um triunfo e a formação minhota tinha como objetivo a vitória para poder chegar ao 6.º lugar da tabela classificativa.
Jogo movimentado, intenso em alguns períodos, que mostraram a vontade dos dois emblemas chegaram ao triunfo.
Guilherme Silva inaugurou o marcador aos 5 minutos e três minutos depois foi a vez de Ivo Silva aumentar para 2-0. A Juventude Viana reduziu pelo internacional francês Remi Herman, mas mesmo ao soar do gong para o intervalo João Candeias fez o 3-1 par ao SC Tomar numa jogada de contra-ataque bem finalizada pelo jogador tomarense.
Um resultado que se adequava ao que se tinha desenrolado no primeiro tempo, e onde a formação ribatejana mostrou ser superior ao conjunto minhoto.
A formação de Viana do Castelo inicia a segunda parte com excelente oportunidade para reduzir (aos 2 minutos), mas Francisco Silva não consegue converter o LD correspondente à 10.ª falta do SCT. O mesmo sucede pouco depois com Remi Herman a não concretizar o LD que o Viana dispôs após azul mostrado a João Sardo, no entanto o internacional francês acabaria mesmo por reduzir no período de power play que a formação visitante dispunha.
Seria sol de pouca dura já que Francisco Silva vê Azul e Hernâni Diniz na conversão do LD coloca o placard em 4-2, corria o minuto sete.
E seria mesmo o SC Tomar a aumentar a vantagem para 5-3 com um golo de Guilherme Silva de GP aos 13 minutos.
Numa fase de jogo repartido os últimos minutos acabariam por ser favoráveis ao conjunto minhoto que aproveitou os erros defensivos da equipa tomarense, que aos poucos foi perdendo discernimento, para chegar ao empate.
O SC Tomar dispõe nestes minutos finais de duas bolas paradas, mas tanto Hernâni Diniz como Candeias não aproveitam para “matar” o jogo.
Seria Nuno Santos a reduzir para 5-4 aso 18 minutos, a equipa tomarense desperdiça mais um LD, desta feita por Manuel Neves aos 20 minutos e um minuto depois é mesmo a AJ Viana que empata por Gonçalo Suissas.
Até final várias oportunidades de golo, para ambos os lados, com qualquer das equipas a procurar o tento que garantisse o triunfo, que no entanto não surgiria.
Empate que acaba por se aceitar, numa partida onde na primeira parte o SC Tomar superiorizou-se e num segundo tempo onde o equilíbrio foi mais constante com a formação tomarense a desperdiçar muitas bolas paradas, perante um Viana mais experiente e que soube tirar partida dalguma desorganização, em particular nos últimos minutos por parte do SC Tomar e chegar ao empate que premeia a atitude e vontade dos jogadores à ordem de André Azevedo.

Foto- AJ Viana

Noticias Domingo