a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

SL Benfica vence ...

Sábado , Set 21 2019
210

Vem aí um FC Porto- SL ...

Sábado , Set 21 2019
177

Nicolía bisa e garante ...

Sábado , Set 21 2019
83

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
57285

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
25246

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
20154

AD Penafiel apresenta ...

Sexta-feira , Set 18 2015
1183

Paulo Morais: “Vamos ...

Sexta-feira , Jan 08 2016
1171

3.ª Divisão Centro- ...

Quinta-feira , Out 02 2014
2223

interioresinteriores

61976314 2256202054466155 1517945294715617280 n

A Associação Académica de Espinho acredita que o desporto é, antes de mais e acima de tudo, um meio de formação de pessoas primeiro e atletas depois. É pelo menos esse objectivo que temos tido por missão ao longo dos nossos 81 anos de vida.

Por isso mesmo sempre respeitamos quem nos visita e aqueles que visitamos, tendo invariavelmente boas relações com todos!

Ora, no passado dia 2 de Junho, a nossa equipa do escalão de Sub-20 de Hóquei em Patins deslocou-se a Barcelos para ali disputar, com o Óquei Clube de Barcelos, uma partida da Taça Nacional – Zona Norte.
No decurso dessa partida, cujo desfecho era totalmente irrelevante para as contas da competição e sem que nada o provocasse, de forma não explicável o técnico da equipa da casa agrediu de forma violenta familiares dos nossos atletas que estavam nas bancadas com garrafas de água cheias e ainda com um stick de hóquei, acabando por dessa forma partir a mão de um familiar de um atleta da Académica que teve que receber assistência hospitalar.

Não pode a Académica, em face do sucedido, deixar de repudiar veemente e publicamente este tipo de comportamento de um interveniente desportivo, que ao invés de estar no banco a orientar jovens, se dedicou a agredir pessoas de forma gratuita, inaudita e grave, escapulindo-se antes da chegada da polícia que entretanto havia sido chamada ao local.

Da mesma forma, não podemos igualmente deixar de estranhar o silêncio daquele treinador e do seu clube nestes dias que se seguiram a este incidente.

A Académica de Espinho não deixará de acompanhar os seus atletas e respectivas famílias em todas as diligências que queiram legitimamente prosseguir, como não deixará de pugnar pela sanção de quem esteja no desporto de uma forma contrária aos valores de formação e correcção.

A Direcção da Académica

Fonte : Associação Academica de Espinho ( facebook )

fotografia