a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

“Acusar a equipa é muito ...

Sexta-feira , Fev 21 2020
182

Nomeações de 21 a 28 de ...

Sexta-feira , Fev 21 2020
83

Luso recebe a 1.ª Edição ...

Sexta-feira , Fev 21 2020
22

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
58223

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
26117

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
20791

Moçambique- Desportivo ...

Quinta-feira , Ago 11 2016
1309

Resumo 17.ª Jor. 1.ª ...

Segunda-feira , Mar 06 2017
1313

Xanoca continua em Tomar

Terça-feira , Mai 07 2019
409

interioresCabeleireiro ESS Q

A Oliveirense entrou a vencer nesta edição do Campeonato Nacional da 1.ªdivisão ao derrotar o CD Paço Arcos po

IMG 20191012 193141 356x269

r 6-3 num jogo onde Jordi Bargalló foi a figura do encontro ao apontar 4 dos golos da formação orientada por Renato Garrido.
No Pavilhão Dr Salvador Machado a primeira formação a criar perigo foi a Oliveirense, mas, quem foi mais eficaz foi o Paço de Arcos que se adiantou no marcador aos 4 minutos da primeira parte por Rafa Lourenço. A resposta da Oliveirense foi eficaz e rápida porque após falta sobre Jorge Silva, Marc Torra foi chamado a converter uma grande penalidade e empatou o jogo 1-1.
Os visitantes não se incomodaram com o desejo de vencer da UD Oliveirense e voltaram para a liderança através do remate certeiro de Pedro Batista que fez o 2-1. Mas, uma vez mais, Marc Torra foi chamado a converter um castigo máximo e voltou a fazer abanar a rede aos 10 minutos, fazendo novamente o empate no “Dr. Salvador Machado”.
Até ao final da primeira parte, Jordi Bargalló viria a dar a liderança por dois golos à equipa de Oliveira de Azeméis. O catalão estava inspirado na hora de finalizar e marcou aos 11 e 15 minutos de jogo.
Na segunda parte, a superioridade da Oliveirense era clara, mas, o jogo não estava decidido e o Paço de Arcos acreditava que podia fazer golo. Foi o que conseguiu por Bruno Frade na sequência de um livre que penalizou a 10° falta da União aos 16 minutos.
Mas, Bargalló, numa tarde de grande inspiração, viria a tranquilizar os adeptos e a fazer mais dois golos, completando o Poker. O experiente jogador marcou aos 20 e 21 minutos e sentenciou a partida com o resultado de 6-3.

Foto- UD Oliveirense

Domingo