a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Juventude Viana ...

Quinta-feira , Jun 04 2020
23

Renato Garrido participa ...

Quinta-feira , Jun 04 2020
30

Valença HC aponta à ...

Quinta-feira , Jun 04 2020
74

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
58794

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
26647

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
21250

Hóquei NO Feminino. ...

Segunda-feira , Mai 11 2015
924

Miguel Rocha- “temos de ...

Quinta-feira , Jan 25 2018
767

2.ª D- Sul- Águias ...

Domingo , Fev 28 2016
1617

pluri unhas J

81380920 644335309640048 569494603112120320 o

O Paço de Arcos viajou até Leiria, onde defrontou a SC Leiria Marrazes, com a equipa da linha a vencer por 5-1 e seguir assim em frente na Taça de Portugal.
Mas seria apenas na segunda metade que o CDPA acabaria por desbloquear um jogo que até então corria mal à formação de Luís Duarte.
A formação do Marrazes, a militar na 3.ª divisão- centro, soube fechar bem a sua zona defensiva e apostar no contra atque, e foi assim que acabou por inaugurar o marcador por intermédio de Nuno Ribeiro, já no ultimo minuto da 1.ª parte, na marcação de uma GP.
Alguma surpresa, senão mesmo muita, mas o certo é que o Paço Arcos teria que se aprimorar para desfazer este nó.
E João Sardo logo ao segundo minuto da etapa complementar fez o empate abrindo o caminho para a vitória que tardava em aparecer. Filipe Fernandes aos 7 minutos e Rafael Lourenço aos 9 minutos colocaram o placard em 1-3 e até final, pese alguns sustos da formação de Marrazes, a equipa do Paço Arcos geriu bem essa vantagem e acabou mesmo por amplia-la já nos minutos finais com Tiago Gouveia e Rafael Lourenço a fazerem o 1-5 com que terminou este encontro.
Triunfo sem mácula por parte do conjunto da linha, mas a ter que se aplicar para não ser surpreendida pelo conjunto orientado por João Meireles, que saí da prova, mas de cabeça erguida, fruto de um jogo bem conseguido e que teve o mérito de incomodar a equipa primodivisionária.
Ainda referir, que parte da receita deste encontro, foi entregue ao CD Paço Arcos para entregar aos familiares do Énio, que se encontra hospitalizado no Funchal. Um ato de solidariedade que deve ser realçado e mostra o altruísmo de muita gente anónima que de uma forma ou outra ajuda a minorar estes momentos menos bons da Vida.

Segunda Feira