jpvhc

A Juventude Pacense conseguiu mais uma importante vitória por 4-3 na receção ao Valença, num jogo com duas partes distintas, a primeira mais amarrada e lenta para uma segunda metade emocionante, com o jogo decidido nos instantes finais com reviravolta da equipa pacense.
A primeira parte foi equilibrada, mas sem grandes momentos de grande fricção, o golo da equipa do Valença aos 10 minutos foi o momento mais alto, Manuel Neves fez o 0-1 e colocou a equipa de Luís Ferreira na frente do marcador, que conseguiu guardar até ao intervalo.
O segundo tempo trouxe mais emotividade ao jogo, a equipa pacense conseguiu cedo a igualdade por João Marques aos 3 minutos. A boa entrada da equipa de João Martins valeu a reviravolta, passados 2 minutos do empate, Vítor Moreira fez o 2-1.
A equipa do Valença aos 10 minutos da segunda parte chegou ao empate 2-2 por Tiago Pereira. Estava vivo o jogo e poderia ter caído para qualquer um dos lados, a intensidade aumentou e vieram os cartões azuis. A equipa pacense poderia ter voltado à frente do marcador, João Marques desperdiçou uma grande penalidade. Pouco depois de livre direto Vítor Moreira voltou a desperdiçar, duas oportunidades que poderiam ter colocado a equipa da Juventude Pacense na frente do marcador. O Valença também dispôs de um livre direto mas Jorge Faria não converteu.
O jogo entrou nos últimos 5 minutos com tudo em aberto. A equipa do Valença a 3,42 minutos do final fez o 2-3 por Manuel Neves o bis na partida. A reação da equipa de Paços de Ferreira foi eficaz, Bernardo Ribeiro a empatar 3-3 a 2,27 minutos do final. Mas o folgo foi louco e emocionante, na entrada para o derradeiro minuto a equipa da Juventude Pacense dispôs de um penalti que Vítor Moreira não conseguiu converter, mas logo a seguir Bernardo Ribeiro a ser o herói e a marcar o golo da vitória 4-3. Até ao final a equipa pacense segurou com tudo a vantagem e somou mais uma vitória, a segunda consecutiva.
A Juventude Pacense soma agora 25 pontos e sobe à 8ª posição, o Valença tem mais 6 pontos e é 6º classificado.

Fonte – www.complexo.pt * Foto- Raquel da Costa / Complexo

2Segunda